IML identifica rapaz morto ao defender mulher de estupro

Ponta Grossa

05 de outubro de 2017 13:41

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Inscrições para vestibular da FACPG terminam hoje

Vendas do comércio de PG crescem 0,71% em outubro

Polícia flagra adolescente de 15 anos pilotando moto

Carro furtado de residência é recuperado pela PM
PM recupera 28 toneladas de defensivos agrícolas
Walmart pode ser multado por abandono de prédio
Empresas investirão R$ 2,5 mi no Parque de Confecções
/Foto: Reprodução/Facebook
PUBLICIDADE

Paulo Cesar Batista da Costa, de 29 anos, caminhava com amiga às margens da Avenida Souza Naves, quando foi abordado pelo bandido. Homem reagiu e levou dois tiros no peito.

O Instituto Médico-Legal (IML) identificou o homem morto em Ponta Grossa na noite de quarta-feira (04) enquanto defendia uma mulher de um estupro. Paulo Cesar Batista da Costa, de 29 anos, foi baleado duas vezes no peito e chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o casal de amigos caminhava às margens da Avenida Souza Naves quando foi surpreendido por um bandido armado. Ele arrastou os dois para um matagal, estuprou a jovem e atirou contra Paulo Cesar.

A PM informou que o autor do crime tem aproximadamente 50 anos. Ele teria apontado a arma para a cabeça da mulher, tirado a roupa dela e iniciado o estupro. Paulo Cesar reagiu e lutou com o criminoso, mas levou dois tiros no peito.

O bandido fugiu com a bicicleta de uma das vítimas e abandonou a arma. A mulher foi encaminhada para realizar exames médicos e laudo pericial no Pronto Socorro Municipal (PSM), enquanto Paulo Cesar foi levado às pressas para a Santa Casa de Misericórdia. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu pouco tempo depois.

A polícia segue mobilizada em busca do paradeiro do criminoso, que deverá responder por latrocínio e estupro. 

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização