Livro impresso ainda é preferência entre jovens

Ponta Grossa

20 de abril de 2017 19:00

Daniel Petroski

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

ONG de PG requer voto seja impresso nas eleições de outubro

'Escolinha' busca doações de chuteiras para crianças carentes em PG

Dono ouve o barulho do carro e percebe que veículo foi furtado

Motorista bêbado é preso após acidente em Uvaranas
Pedreiro retira lixo jogado no Lago de Olarias
Dupla cai de moto e é presa pela PM com maconha no Costa Rica
Capotamento deixa trânsito lento na Souza Naves
/Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

No próximo domingo (23) é comemorado o Dia Mundial do Livro. Apesar do avanço da tecnologia e dos livros alcançarem o mundo digital, a maioria dos leitores ainda prefere a leitura nos exemplares impressos. Entre os jovens não é diferente. Um estudo publicado pela American University no início deste ano comprova que 92% dos jovens preferem o livro impresso.

A escritora ponta-grossense e publicitária, Ana Rezende, conta que a paixão pela leitura começou quando criança, depois que ganhou um livro de presente do pai, ela ainda lembra do título - “Os Sete do André Vianco”. Assim como os jovens da pesquisa, Ana declara que sempre preferiu o impresso, mesmo depois que surgiram os e-books. “Me sinto mais perto dos personagens e do ambiente da leitura. Gosto de sentar na frente de uma janela e ter esse contato com o papel, folhear o livro e sentir o cheirinho dele novo e principalmente dele usado quando comprado em sebos. Aprendi a ler no papel e acho que a literatura para mim sempre será esse gosto do tato e de ver os livros na estante formando um arco-íris de cores e histórias”, conta a escritora.               

Sobre a autora

Ana é autora do livro ‘Relato de Nós Dois’, ela lançou em 2014 apenas na versão impressa. A obra é um romance voltado ao público juvenil. A escritora já tem a continuação do livro e outras histórias escritas. “Meu plano daqui pra frente é continuar escrevendo cada vez mais”.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização