IML pede ajuda para identificar grávida achada morta

Ponta Grossa

14 de abril de 2017 09:28

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

PG tem cinco notificações de dengue em 2018

Agência de PG insere 459 pessoas no mercado de trabalho

Rangel e Grokoviski debatem prazo para pagar precatórios

Zampieri cobra solução para transporte escolar em distritos
Stocco assume presidência da CPI da Sanepar
Sandro e Aliel votam a favor de intervenção federal no RJ
Conversão proibida causa acidente na Visconde de Mauá
Foto: Arquivo JM/
PUBLICIDADE

Corpo foi localizado em estado de putrefação na BR-277, em Fernandes Pinheiro, nas proximidades do Rio Imbituvão. Vítima não aparenta ser andarilha, segundo legistas.

O Instituto Médico-Legal (IML) de Ponta Grossa busca informações a respeito da identidade de uma mulher achada morta nas proximidades do Rio Imbituvão, às margens da rodovia BR-277 em Fernandes Pinheiro. A mulher estava grávida e não portava documentos.

O corpo deu entrada no IML na noite de domingo (09), por volta das 21 horas. De acordo com funcionários e legistas, a mulher estava com uma camiseta azul, shorts bege, calcinha verde e sutiã vermelho. Ela possui pele branca, 1,70 m, olhos castanhos, cabelos pretos e a arcada dentária conservada.

Os médicos do IML acreditam não se tratar de uma andarilha, já algumas partes do corpo, como a unha, estavam bem cuidadas. O IML pede que, caso alguém saiba do desaparecimento de alguma mulher pela região, entre em contato com o instituto pelo telefone (42) 3309-0300. 

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização