Homem é preso após comprar objetos furtados de mercado

Ponta Grossa

20 de março de 2017 09:29

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Bandidos armados fazem família refém em PG

PG entra na lista das 23 cidades mais lindas do Brasil

Congresso de Mulheres ICP traz a preletora americana Devi Titus

Carro capota após batida na Visconde de Mauá
Inauguração da praça Zenedim contará com duelo do UFC
Ônibus com trabalhadores é alvo de assaltantes
Suspeito de matar açougueiro se apresenta à polícia
Rapaz acabou detido por receptação e foi levado para a 13ª SDP/Imagem: Arquivo JM
PUBLICIDADE

Rapaz de 20 anos de idade foi detido por receptação. Objeto havia sido furtado de um mercado em Ponta Grossa

Um homem de 20 anos de idade foi preso pelo crime de receptação em Ponta Grossa na manhã deste domingo (19). De acordo com a Polícia Militar (PM), o rapaz é suspeito de comprar uma caixa registradora e vassouras que haviam sido furtadas de um supermercado.

Segundo informações da PM, a dona do mercado alvo do furto descobriu que a caixa registradora havia sido comprada pelo rapaz e avisou as autoridades. Uma equipe da Polícia Militar foi até a rua Colibri, na Chapada, e encontrou os objetos – o homem apontado como responsável pela receptação afirmou que tinha comprado a caixa registradora de um primo por um pequeno valor em dinheiro.

Além da caixa registradora, vassouras furtadas do mercado também estavam na casa do homem preso – o suspeito afirmou que o primo seria o responsável pelo furto do mercado. Com isso, o receptador e os produtos furtados foram encaminhados para a 13ª Subdivisão Policial de Ponta Grossa. 

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização