Vereadores estudam melhorias para Corpo de Bombeiros

Ponta Grossa

17 de março de 2017 18:02

Rodrigo de Souza

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Pista do Aeroporto será reformada até março

Gaeco irá fortalecer investigações independentes

Convênio traz desconto na graduação a servidores

PG estuda a implementação de uma Central de Abastecimento
População já pode votar sobre futuro da Münchenfest
Câmara de PG tem pauta intensa na reta final do ano
Câmara aprova proibição contra queimadas em PG
/Foto: Arquivo JM
PUBLICIDADE

Pastor Ezequiel (PRB) sugere que Executivo encaminhe R$ 500 mil da Câmara para reformas no quartel central. Guiarone (PROS) e Cieslak (PRTB) buscaram soluções em Curitiba.

A situação atual Corpo de Bombeiros de Ponta Grossa tem pautado o trabalho de vereadores nos últimos dias. Com obras inacabadas e algumas viaturas sucateadas ou inutilizáveis no 2º Grupamento de Bombeiros (2º GB), parlamentares estudam medidas para melhorar a estrutura e facilitar o trabalho de socorristas – principalmente no Quartel Central, localizado nas proximidades da Catedral.

Durante a semana, os vereadores Celso Cieslak (PRTB) e Sargento Guiaroni (PROS) estiveram na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) para uma reunião com o deputado estadual Hussein Bakri (PSD). Os vereadores repassaram algumas demandas do 2º GB para o deputado, entre elas a situação dos caminhões da corporação. O grupamento precisou pedir ‘emprestado’ um veículo para o Corpo de Bombeiros de Irati, nos Campos Gerais, enquanto dois dos caminhões próprios estavam em manutenção.

Em contato com a coordenação estadual dos bombeiros, o deputado recebeu a garantia de que até a próxima segunda-feira (20), os dois veículos serão novamente entregues para a corporação, prontos para ser utilizados. Além dos caminhões, os vereadores ponta-grossenses ainda repassaram outras demandas para o Poder Legislativo do Paraná.

Outro parlamentar empenhado para a conquista de melhorias aos Bombeiros é Pastor Ezequiel Bueno (PRB). O vereador de Ponta Grossa usou a palavra durante uma sessão na Câmara para cobrar o prefeito Marcelo Rangel (PPS) sobre a sanção da lei que institui o Fundo de Reequipamento do Corpo de Bombeiros (Funrebom) no município. A medida, já aprovada pelos vereadores, utiliza uma porcentagem da arrecadação do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para equipar a corporação. Já instituída em outros municípios paranaenses, a lei precisa da sanção de Rangel para ser colocada em prática.

Além do Funrebom, Ezequiel Bueno ainda solicitou que a Câmara repasse ao 2º GB cerca de R$ 500 mil referentes à verba destinada pelo Executivo para a casa de leis e que ainda não foi utilizada ou programada para uso. O valor seria aplicado na reforma do Quartel Central que, segundo Bueno, se encontra em “situação precária”. O processo de restauração comtemplaria obras no piso, telhado e estruturas básicas, que não afetem a arquitetura original do imóvel – a sede é tombada e considerada Patrimônio Histórico de Ponta Grossa.

Vereadores formam ‘bancada da Segurança’

Desde janeiro de 2017, a Câmara Municipal de Vereadores de Ponta Grossa conta com três legisladores ligados à área de Segurança Pública. A ‘Bancada da Segurança’ é composta pelo vereador reeleito Pastor Ezequiel (PRB), Sargento Guiarone Jr (PROS) e Celso Cieslak (PRTB). O grupo atua para melhorar o segmento no município, principalmente em relação à Guarda Municipal – órgão ligado ao Executivo municipal e que pode receber investimento direto da Prefeitura. O Corpo de Bombeiros e as instituições policiais também são contemplados por ações do grupo.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização