Artista plástico retrata cenas cotidianas de PG

Ponta Grossa

17 de fevereiro de 2017 12:52

Afonso Verner

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Câmara propõe estímulo ao comércio próximo ao HU

Setor imobiliário pede cautela com possíveis mudanças na cobrança do IPTU

Vídeo mostra agressão sofrida por massoterapeuta

Suspeito de matar massoterapeuta é preso em PG
Inadimplência no IPTU chega aos 35% em PG
Município tenta encontrar equilíbrio financeiro
PG vai revisar planta genérica para incrementar IPTU
PUBLICIDADE

Saulo Pfeiffer ganhou destaque na internet pintando cenas cotidianas da vida urbana em Ponta Grossa. Artista planeja exposição para o próximo dia 9

Todo ponta-grossense atento sabe que a cidade tem cenas peculiares, lugares que só existem em Ponta Grossa e, mais que isso, existem aqui de uma maneira diferente, especial e única. Foi atento a esse tipo de cenário que o artista plástico Saulo Pfeiffer passou a retratar cenas rotineiras da vida urbana em Ponta Grossa. Saulo postou imagens dos quadros, pintados à tinta óleo, na internet e as cenas fizeram sucesso entre os seguidores do artista.

Entre os locais retratados por Saulo estão espaços conhecidos em Ponta Grossa, como a Estação Saudade e o Ponto Azul, na praça Barão do Rio Branco. No entanto, o artista também se dedicou a retratar espaços ‘anônimos’  da área urbana do município, tão peculiares quanto os outros, mas muitas vezes menos reconhecidos. Entre as paisagens pintadas pelo artista está um árvore, localizada na rua Francisco Ribas, em frente à uma unidade da Caixa Econômica Federal (CEF) – o formato da árvore chama atenção de quem passa pelo local.

Saulo conta que desde os 12 anos de idade tem envolvimento com a pintura, mas sempre teve atuações pouco frequentes – o artista chegou a cursar Artes Plásticas na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), mas trancou o curso. “Sou um autodidata, comecei a estudar muito sozinho e tenho acumulado conhecimento dessa forma, consultando as obras de vários artistas internacionais e tentando aprender todo dia”, contou Pfeiffer.

Entre as pinturas expostas por Saulo nas redes sociais estão retratos da Estação Saudade, a rua XV de Novembro, o Terminal Central de Ônibus e a Catedral Santana. “A inspiração vem de cenas do meu cotidiano, retratando a vida em sociedade, o movimento do dia a dia, algo que está ali todos os dias, mas a gente não presta muito atenção”, contou Saulo. As obras do artista foram pintadas em telas 70x45 e em tinta óleo.

Impressionismo é a inspiração

Saulo conta que a inspiração artística para as obras vem, em sua maioria, do impressionismo, movimento criado na pintura francesa ainda no século XIX, durante a chamada Belle Époque no setor artístico brasileiro. “Minha ideia é retratar a cidade, de maneira fiel, mas também utilizando referências do impressionismo para ilustrar cenas que são corriqueiras no nosso cotidiano, mas muitas vezes passam despercebidas”, pondera Saulo.

Exposição

Saulo e outro artista plástico de Ponta Grossa programam para o próximo dia 9 de março uma exposição na Estação Arte. O evento carregará o nome de “Olhar urbano” e irá reunir pinturas de diferentes inspirações sobre as várias cenas urbanas da cidade.

Contato

Interessados em adquirir as obras de Saulo podem entrar em contato com o artista através do telefone (42) 9 9843-8327.

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização