Bombeiros esperam retomar obras de quartel em 2017 | A Rede - Aconteceu. Tá na aRede!
Bombeiros esperam retomar obras de quartel em 2017

Ponta Grossa

16 de fevereiro de 2017 20:35

Daniel Petroski

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Rangel pede união a deputados para trincheira na BR-376

Diretores dos fundos de previdência de bancos públicos estarão em PG

Investimento no ‘Mercadão’ irá gerar mil vagas diretas em PG

Movimento LGBT lota sessão da Câmara em protesto
TRF derruba liminar que impedia enfermeiros de requisitar exames
Show de Pabllo Vittar marcará dia de combate ao preconceito em PG
Vereador emite nota sobre polêmica com Pabllo Vittar
PUBLICIDADE

A obra para a construção de um novo quartel central para o 2º Grupamento do Corpo de Bombeiros (2º GB) de Ponta Grossa, parada desde 2014, deve ser retomada até o final deste ano – apenas a terraplanagem no terreno chegou a ser feita. O investimento pode chegar a R$ 8 milhões via Paraná Edificações.

Em um trabalho conjunto com a Prefeitura e o Governo do Estado, a tramitação para um novo processo licitatório apresentou avanço significativo, principalmente nesta sexta-feira (17), com a devolução do projeto ajustado por parte da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Planejamento à corporação. “Alguns cálculos precisaram ser refeitos. De posse do projeto, nosso Departamento de Engenharia fará o encaminhamento ao Estado para que a tramitação tenha prosseguimento”, detalhou o major Carlos Alberto.

Em janeiro, durante um encontro entre o prefeito Marcelo Rangel e a vice-governadora Cida Borghetti, foi reafirmado o interesse pela obra. “O Governo do Paraná investe e prioriza a segurança pública de todos os paranaenses”, disse na época Cida.

Segundo Alberto, o novo prédio deverá abrigar toda a parte administrativa da corporação. “A atual estrutura que estamos é patrimônio do município e vem apresentando problemas estruturais, elétricos e hidráulicos. Com o novo prédio poderemos, por exemplo, ampliar o setor de vistorias. O local atual é apertado, o que prejudica o atendimento a população. Também conseguiremos melhorias significativas nos alojamentos que seriam transferidos para esse novo espaço. Como é possível perceber, tudo vai refletir em uma melhora na nossa prestação de serviço”, explicou o major.

Fundado em 1939, o 2º Grupamento completou 77 anos de atuação em 2016. O prédio histórico passou por uma reforma em 1981. 

Funrebom também pode ser revisto

De acordo o major Carlos Alberto, a proximidade com o Governo Municipal também reascendeu a expectativa para o retorno do Fundo de Reequipamento dos Bombeiros (Funrebom), extinto no município em 2009. “Se confirmada à promessa, esse recurso, em um prazo de até quatro anos, será utilizado também para a reforma do atual prédio do 2º GB, sem falar em outros benefícios em equipamentos e viaturas novas”, afirma. A expectativa é de que essa taxa volte a ser cobrada junto ao Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) no próximo ano. Ponta Grossa é uma das poucas cidades com quartéis do Corpo de Bombeiros em que a cobrança do Fundo não é realizada.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização