Previs?o do tempo
   
Prefeitura vai renegociar contratos e licitações em 2017

Ponta Grossa

11 de janeiro de 2017 10:05

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Stocco e Aliel buscam soluções para falta de segurança nas universidades

Rotary desenvolve projeto de leitura em PG

Pauliki reforça pedido para mais agentes de segurança para PG

Acidente no centro de Ponta Grossa deixa cinco vítimas
Procon Móvel terá atendimentos nesta quarta-feira
Debate sobre dívida do FGTS só deve recomeçar em maio
Procissão de Corpus Christi em PG terá novidades
Prefeitura adota medidas visando a contenção de gastos/Foto: aRede
PUBLICIDADE

Decreto publicado no Diário Oficial desta quarta-feira prevê a reavaliação e renegociação de contratos e licitações. Medida visa a redução de despesas.

            O decreto 12.345, publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (11), prevê a reavaliação e renegociação de contratos e licitações envolvendo a Prefeitura de Ponta Grossa. Todas as licitações em curso, assim como os contratos em vigor, serão reavaliados visando a alteração dos preços cotados e a adequação de quantidades licitadas. A reavaliação dos contratos visa a contenção e redução de despensas e todas renegociações devem estar concluídas até 31 de março.

            Os trabalhos de reavaliação serão conduzidos por três diferentes órgãos, dependendo do valor envolvendo o contrato. Caso o valor seja inferior a R$ 2 milhões, o dirigente máximo do órgão ou entidade realiza a renegociação. A segunda possibilidade, caso o valor seja superior a R$ 2 milhões, a negociação deve passar pelas mãos do secretário de Administração. Em relação às renegociações de contratos com valor superior a R$ 2 milhões, o Comitê de Gestão Pública tem a decisão final.

            Para o cancelamento ou rescisão de instrumentos contratuais, a Prefeitura declara que os materiais serão submetidos aos órgãos jurídicos. Por fim, as alterações e prorrogações de contratos de serviços e obras, assim como compras de materiais permanentes e equipamentos, precisam passar pelo secretário de Gestão Financeira para serem aprovados. A medida é válida para licitações com valor igual ou superior a R$ 1 milhão.

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização