Dois moradores de PG são notificados por manter animais em cativeiro

Ponta Grossa

07 de janeiro de 2017 07:45

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Adolescente diz à PM que furtou moto para ‘cobrar dívida’

Polícia Ambiental recolhe cágado em Uvaranas

Condutor embriagado é detido ao dirigir carro sem uma roda

Rapaz é baleado por bandido durante assalto em rodovia
Associação pede doação de sangue para vítima de assalto
Menina de PG, fã de garis, recebe surpresa em visita
Com 16 anos, ponta-grossense tira maior nota do PSS
PUBLICIDADE

Polícia Ambiental resgatou oito aves silvestres que eram mantidas em cativeiro em Ponta Grossa.

            A Polícia Ambiental notificou dois moradores de Ponta Grossa por manterem animais silvestres presos em cativeiro e sem licença nesta sexta-feira (6). As situações foram registradas no bairro Boa Vista e no Jardim Progresso. No primeiro caso, por volta de 12h30, os policiais se deslocaram para atender uma denúncia e localizaram quatro gaiolas, um alçapão e um viveiro. Dois trinca ferros, um pintassilgo e três canários da terra foram encontrados no local.

            O responsável pelos animais não possuía registro no órgão ambiental competente. Um termo circunstanciado foi lavrado e encaminhado ao Juizado Especial Criminal da Ponta Grossa para medidas penais. As aves foram encaminhadas para uma clínica veterinária para avaliação. Após passar pelos cuidados médicos, os animais foram soltos em seu habitat natural. Uma cópia do boletim de ocorrência foi encaminhada ao Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

            A segunda situação também teve início com uma denúncia. Os policiais localizaram duas gaiolas e encontraram um azulão e um canário da terra. O proprietário não possuía registro no órgão ambiental competente. Um termo circunstanciado foi  lavrado junto ao Juizado Especial Criminal de Ponta Grossa. As aves foram encaminhadas até uma clínica veterinária e posteriormente soltas em seu habitat natural.

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização