Aos 17 anos, aluno do ‘Integral Plus’ é aprovado no ITA

Ponta Grossa

05 de janeiro de 2017 14:28

Andre Packer

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Conselho ignorou orientações do MP sobre bebê agredido

Dupla simula assalto e acaba presa em PG

Rangel abre licitação de R$ 8 mi para novo aterro

Dr. Zeca lança pré-candidatura para deputado estadual
Pai suspeito de agressão tem prisão decretada
Dentistas concluem especialização no Cescage
Celulares e armas improvisadas são retirados de cadeia
Acompanhado do pai, Guilherme (esq.) comentou sobre a rotina de estudos até a aprovação/Foto: Danilo Wiedermann/aRede
PUBLICIDADE

Guilherme Ari Scortegagna é aluno do Colégio Integral Plus e único estudante de um colégio do interior do Paraná, a ser aprovado no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) em 2016.

Aos 17 anos, Guilherme Ari Scortegagna foi aprovado no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). O rapaz fez o 3° ano do Ensino Médio no Colégio Integral Plus e, em sua primeira tentativa, conseguiu a aprovação em uma das provas mais concorridas de todo o Brasil. Nos próximos meses, Guilherme viaja para São José dos Campos onde começa a estudar Engenharia Aeronáutica.

Para garantir uma vaga no ITA, o adolescente concorreu com quase 12.500 inscritos no vestibular e criou uma rotina de estudos extremamente intensa. Entre segunda e sábado, Guilherme começava o dia assistindo as aulas no Integral Plus e seguia até às 22 horas com atividades escolares. Já no domingo, o rapaz começava a estudar às 8 horas e ficava até às 20 horas.

 “Os professores tiveram uma participação essencial porque eles disponibilizaram aulas extras no período da tarde. Eu e mais dois rapazes do ‘Integral’ queríamos passar no ITA e o colégio comprou a nossa ideia”, conta o rapaz. Ao contrário dos demais vestibulares, a prova do ITA é focada em matemática, física, química, português, redação e inglês.

 “Só pessoas extremamente preparadas conseguem entrar no ITA. O Guilherme passou em um dos vestibulares mais concorridos e difíceis do Brasil. Ele é nosso aluno do 3° ano do Ensino Médio”, explica o diretor do Colégio Integral Plus, Jorge Derbly. A escola irá investir mais nesse segmento, disponibilizando para 2017 turmas preparatórias para exames como o ITA, Instituto Militar de Engenharia (IME) e Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx) com carga horária e materiais específicos. A Tecnologia Educacional utilizada no Integral Plus também é uma grande aliada na preparação dos alunos, de acordo com Guilherme. Giovani Ari Scortegagna, pai de Guilherme, cita a plataforma educacional com aulas EAD-ITA como uma grande aliada nesse processo de preparação de seu filho, pois apenas 8 instituições no Brasil, entre elas o Integral Plus a disponibilizam para seus alunos.

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização