Aos 17 anos, aluno do ‘Integral Plus’ é aprovado no ITA

Ponta Grossa

05 de janeiro de 2017 14:28

Andre Packer

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Roubo tem ação violenta de ladrões em PG

Senge vai contra aumentos de impostos de PG

Mulheres são presas ao tentar furtar loja em PG

Deputados elencam prioridades para Ponta Grossa
Voluntários contribuem na limpeza do Shangrilá
Jovens do Marista de PG fazem trabalho voluntário
Reajuste de impostos deve ser retirado da pauta
Acompanhado do pai, Guilherme (esq.) comentou sobre a rotina de estudos até a aprovação/Foto: Danilo Wiedermann/aRede
PUBLICIDADE

Guilherme Ari Scortegagna é aluno do Colégio Integral Plus e único estudante de um colégio do interior do Paraná, a ser aprovado no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) em 2016.

Aos 17 anos, Guilherme Ari Scortegagna foi aprovado no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). O rapaz fez o 3° ano do Ensino Médio no Colégio Integral Plus e, em sua primeira tentativa, conseguiu a aprovação em uma das provas mais concorridas de todo o Brasil. Nos próximos meses, Guilherme viaja para São José dos Campos onde começa a estudar Engenharia Aeronáutica.

Para garantir uma vaga no ITA, o adolescente concorreu com quase 12.500 inscritos no vestibular e criou uma rotina de estudos extremamente intensa. Entre segunda e sábado, Guilherme começava o dia assistindo as aulas no Integral Plus e seguia até às 22 horas com atividades escolares. Já no domingo, o rapaz começava a estudar às 8 horas e ficava até às 20 horas.

 “Os professores tiveram uma participação essencial porque eles disponibilizaram aulas extras no período da tarde. Eu e mais dois rapazes do ‘Integral’ queríamos passar no ITA e o colégio comprou a nossa ideia”, conta o rapaz. Ao contrário dos demais vestibulares, a prova do ITA é focada em matemática, física, química, português, redação e inglês.

 “Só pessoas extremamente preparadas conseguem entrar no ITA. O Guilherme passou em um dos vestibulares mais concorridos e difíceis do Brasil. Ele é nosso aluno do 3° ano do Ensino Médio”, explica o diretor do Colégio Integral Plus, Jorge Derbly. A escola irá investir mais nesse segmento, disponibilizando para 2017 turmas preparatórias para exames como o ITA, Instituto Militar de Engenharia (IME) e Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx) com carga horária e materiais específicos. A Tecnologia Educacional utilizada no Integral Plus também é uma grande aliada na preparação dos alunos, de acordo com Guilherme. Giovani Ari Scortegagna, pai de Guilherme, cita a plataforma educacional com aulas EAD-ITA como uma grande aliada nesse processo de preparação de seu filho, pois apenas 8 instituições no Brasil, entre elas o Integral Plus a disponibilizam para seus alunos.

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização