PG terá recital de música clássica nesta quinta-feira

Mix

19 de abril de 2017 16:43

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Clara registra queixa contra Gael

Conheça as candidatas à rainha da Münchenfest

Comediante faz show beneficente de stand up em PG

Gael chega em casa e encontra Renato com Clara
Espetáculo musical homenageia artista Xyko Ferreira
Conservatório retoma aulas com novos professores
Tônia faz o parto de Clara, que sofre complicações
/Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

“Tocar Schubert é sobretudo voltar ao século XIX e usufruir da poesia lírica para fazer música na maior complexidade romântica”, explica a soprano Julcy Rodrigues. Quem já conhece o compositor austríaco Franz Schubert e quem deseja ouvir pela primeira vez, poderá assistir ao Recital de Canto do Conservatório Maestro Paulino, no dia 20 de abril, às 19h30, com entrada gratuita. A professora de canto Julcy Rodrigues, acompanhada do professor de piano Vinícius Fabri, recebe o clarinetista Vinícius Santos para uma participação especial na apresentação, que reúne diversas obras do compositor.

Fabri explica que não houve adaptações no repertório, tudo será apresentado conforme o original. “Escolhemos obras em que, além de mostrar uma formação diferenciada, há peças conhecidas e outras nem tanto do compositor, obras baseadas em grandes clássicos da literatura e obras mais líricas e calmas”, explica o pianista.

Rodrigues afirma que a plateia mergulhará no universo dos amores, loucura e delírios do período que o compositor viveu. “O público poderá encontrar formações variadas, desde piano solo, piano e canto além de um trio: piano, canto e clarinete”, completa Fabri.

Composições de Franz Schubert

Franz Schubert é considerado um dos maiores compositores do século XIX e marcou a transição do período clássico para o romântico. Os maiores sucessos do compositor foram os ‘lieds’, canções líricas cantadas baseadas na literatura de Shakespeare, Goethe, Heirich e Heine. Posteriormente, Schubert foi considerado o maior poeta lírico da música universal.

Em outubro de 1813, Schubert compôs sua Primeira Sinfonia em Ré Maior. O compositor também ficou famoso pela maneira que tratava os originais das composições, já que diversas obras foram esquecidas em bancos de jardins ou na casa de algum conhecido. Relata-se que o músico compôs, certa noite, a famosa Serenata, no verso de um cardápio de uma taberna, esquecido no local e recuperado no final da noite.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização