Conservatório promove palestra sobre violão erudito

Mix

19 de abril de 2017 15:33

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Chrystian e Ralf fazem show em PG no sábado

Colônia de férias oferece atividades educativas

Artista de PG lança livro na próxima sexta-feira

PG será a ‘capital da música’ no mês de julho
Ruy encontra Rita na praia com a cauda
Alice desmaia ao ver Renato
Bebeth espera Eric na saída da cadeia e tem uma surpresa
/Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Os admiradores das composições de Johann Sebastian Bach e do violão erudito poderão conhecer um pouco mais sobre a digitação do violão no Prelúdio BWV 997 na palestra oferecida pelo Conservatório Maestro Paulino na próxima segunda-feira (24), às 19h30. A entrada é franca. O ministrante será o professor de violão Maurício Nunes, da Prefeitura de Ponta Grossa, lotado na Fundação Municipal de Cultura.

O professor explica que estudou três edições diferentes da obra para preparar a palestra. “Criei uma edição prática, padronizando as informações presentes e, assim, dando maior fluidez ao resultado sonoro de quem a estuda”, explica Nunes. A escrita da peça fundamentalmente orientada pela fala e não ser original para violão é a maior dificuldade da execução da peça. O período histórico das músicas de Bach, conhecido como barroco, tem como característica a escrita musical guiada pela linguagem.

Durante a palestra o professor Nunes irá explanar sobre as dificuldades de execução da peça e como resolvê-las. Durante o ano letivo já foram apresentados dois recitais de violão de ex-alunos do Conservatório e um recital com as obras de Schubert com professores da instituição. Para o aluno do Conservatório Bruno Fernando, as atividades fora da sala de aula são um espaço de aprendizagem e promoção da cultura. “As atividades nos oferecem, também, um olhar sobre o campo de trabalho musical e dão um ânimo maior para os estudos diários”, afirma o estudante.

A palestra faz parte de uma série de atividades extracurriculares promovidas pelo Conservatório Maestro Paulino que oferecem, tanto aos alunos quanto à comunidade externa, um espaço de aprendizagem e consumo musical. “É sempre bom ter nossos professores trabalhando para além da sala de aula. Momento em que mais que nossos alunos, a comunidade externa também é beneficiada com novos conhecimentos na área da música”, explica Douglas Passoni, diretor artístico do Conservatório.

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização