Empresas de telefonia lideram ranking de reclamações em PG

Entre as seis empresas que o Procon de Ponta Grossa mais recebeu reclamações no decorrer de 2018, quatro são do setor de telefonia 


As empresas de telefonia lideram o ranking de reclamações junto ao Procon de Ponta Grossa. A primeira, a segunda e a terceira com maior índice de atendimentos são do setor de telecomunicações, assim como a sexta. As outras quatro empresas que ocupam as oito primeiras colocadas são bancos. O “Ranking de Empresas Reclamadas em 2018”, que reúne todos os registros gerados pelo órgão entre janeiro e dezembro do ano passado, pode ser conferido diretamente na página do Diário Oficial da Prefeitura de Ponta Grossa, onde a lista foi divulgada pela Secretaria Municipal de Cidadania e Segurança Pública (SMCSP) na edição desta sexta-feira, dia 15.  De acordo com o levantamento, dos 10.570 registros de reclamação feitos em 2018, a maioria está relacionada ao setor de Serviços, que registrou 4.835 reclamações. Dentro desse cenário, telefonia é a área com mais processos abertos pelo Procon Ponta Grossa, sendo a campeã a TIM, com 1.076 atendimentos realizados e 144 processos abertos. Na sequência apareceram a Oi (584 atendimentos e 98 processos) e a Telefônica/Vivo (407 atendimentos e 37 processos). Na sequência, figuram as situações envolvendo instituições financeiras e produtos. Entre os bancos com maior índice de reclamações estão o Cetelem (264 atendimentos e 64 processos), seguido pelo Itaú (270 atendimentos e 15 processos).   Segundo coordenador do Procon Ponta Grossa, Leonardo Werlang, a divulgação do ranking, além de estar previsto em lei, serve como ferramenta para auxiliar os consumidores na análise e tomada de decisões em relação aos fornecedores de produtos e serviços. “Esse ranking aponta quais empresas fornecedoras possuem mais reclamações junto ao Procon, e o número de reclamações que não foram resolvidos e se transformaram em processos administrativos. Sobre esse aspecto, felizmente mantivemos uma média bastante elevada de resolução das demandas, chegando a aproximadamente 90%. Muitas das reclamações inclusive, são resolvidas já no nosso primeiro contato com os fornecedores, o que ressalta a importância de que os consumidores nos procurem sempre que necessitarem de auxílio”, declara Werlang.

 

 Índice de resolução gira em torno de 50%

O setor com o maior índice de resolução é o de produtos. Dos 1.887 registros de reclamações no decorrer do ano passado, aproximadamente 54% dos casos foram resolvidos. Na sequência, do setor de serviços, que tiveram os mais de 4,8 mil registros, houve a resolução de 49% dos casos. Já o outro setor, o de assuntos financeiros, como os ligados aos bancos, foi o de menor índice de resolução, onde dos 3.169 registros, apenas 47% foram solucionados. Para quem deseja buscar atendimento, o Procon está instalado no edifício Guaíra. 

Nova Zelândia vai propor reforma na lei sobre armas

Nova Zelândia vai propor reforma na lei sobre armas...

Vagas disponíveis para esta segunda (18/03)

Vagas disponíveis para esta segunda (18/03)...

Confira seu horóscopo para esta segunda-feira (18/03)

Confira seu horóscopo para esta segunda-feira (18/03)...

Mercedes traz novos modelos AMG C 63 ao Brasil

Mercedes traz novos modelos AMG C 63 ao Brasil...

Confira seu horóscopo para este domingo (17/03)

Confira seu horóscopo para este domingo (17/03)...

Cesta básica fica 4,4% mais cara em Ponta Grossa

Cesta básica fica 4,4% mais cara em Ponta Grossa...

O Estado e a Escola Segura

O Estado e a Escola Segura...

CEO do Conselho Mundial de Cooperativas visita PG

CEO do Conselho Mundial de Cooperativas visita PG...

Capa da edição deste fim de semana (16, 17 e 18/03/2019) do JM

Capa da edição deste fim de semana (16, 17 e 18/03/2019) do JM...

Brasil: a metáfora da barbárie

Brasil: a metáfora da barbárie...

Charge da edição deste fim de semana (16, 17 e 18/03/2019) do JM

Charge da edição deste fim de semana (16, 17 e 18/03/2019) do JM...

Base Forte realiza Festival de Piso e Porcelanato neste sábado

Base Forte realiza Festival de Piso e Porcelanato neste sábado...

Clássico que atravessou o tempo

Clássico que atravessou o tempo...

Natureza invade design interno das casas

Natureza invade design interno das casas...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS