Região destaca-se na geração de emprego

Saldo de novos postos de trabalho foi superior às médias nacional e estadual. Quase 2,8 mil vagas foram criadas



A região dos Campos Gerais teve, em 2018, um resultado melhor do que as médias estadual e nacional na geração de emprego. No acumulado do ano passado, 2.780 novos postos de trabalho formais foram criados, fazendo com que o número total de trabalhadores passasse de 185 mil. No Brasil, onde haviam 46 milhões de empregos formais, houve um acréscimo de 530 mil novas vagas entre janeiro e dezembro de 2018, enquanto que o Paraná, que tinha 3 milhões de empregos, e teve um saldo de 40 mil novas vagas. As informações estão no boletim “O mercado de trabalho dos Campos Gerais em 2018”, publicado pelo Núcleo de Economia Regional e Políticas Públicas da Universidade Estadual de Ponta Grossa.

“Esses números indicam uma dinâmica superior para o mercado de trabalho dos Campos Gerais, apresentando uma taxa de crescimento igual a 1,52%, contra 1,33% do Paraná e de 1,14% para o Brasil”, informou a professora Augusta Pelinski Raiher, que assina o estudo publicado. Ela lembra que no Brasil, foi o primeiro resultado positivo desde 2014, enquanto que o Paraná teve o quatro melhor resultado do país no saldo do emprego, atrás apenas de São Paulo (147 mil novas vagas), Minas Gerais (82 mil) e Santa Catarina (42 mil vagas). “No que se refere à recuperação do mercado de trabalho dos Campos Gerais frente à crise sofrida em 2016, pode-se se inferir que a região está progredindo, faltando apenas 2.453 vagas para chegar ao patamar do emprego que se tinha em 2015”, relata.

No desempenho individual, Ponta Grossa foi o município com o melhor desempenho, com a criação de 1.393 novas oportunidades. Foi o quinto melhor resultado do Estado, à frente de municípios como Paranaguá, Cascavel, Guarapuava, Londrina, entre outros. “Jaguariaíva foi o segundo com maior contribuição, gerando 627 novos empregos, ficando em 15º na colocação no ranking estadual, seguido por Castro (posição de 29º no estado), Ortigueira (31º) e Telêmaco Borba (32º)”, descreve Augusta. Os piores resultados foram de Piraí do Sul (392º posição estadual) e Carambeí (388º), os quais perderam, respectivamente, 386 e 287 postos de trabalho. Ao todo, 68% dos municípios tiveram saldo positivo em 2018, “o que é extremamente positivo para região, demonstrando que a maioria está com tendência de crescimento do seu mercado de trabalho”, diz o estudo.

 

Setor de serviços é destaque

O setor de serviços foi o principal indutor da abertura de novas vagas no decorrer de 2018, 1.818 no total, especialmente no segmento de transporte (que foi responsável por 20% das novas vagas) e serviços prestados a empresas (12%). O comercio foi responsável por um saldo de 684 postos de trabalho, enquanto que na indústria o saldo atingiu 647. Neste último caso, destaque para a indústria de Fabricação de Celulose, Papel e Produtos de Papel, que respondeu por aproximadamente 5% nos novos postos de trabalho; para a indústria química (4% do total) e metalurgia (4%). O pior resultado foi da construção civil, que reduziu perdeu 606 vagas nos 19 municípios estudados. 

Vamos Ler inicia atividades em 2019 com formato consolidado na região

Vamos Ler inicia atividades em 2019 com formato consolidado na região...

Escolas particulares ampliam atuação do Vamos Ler

Escolas particulares ampliam atuação do Vamos Ler...

Ação arrecada 6 toneladas de lixo eletrônico em PG

Ação arrecada 6 toneladas de lixo eletrônico em PG...

Vagas na agência do Trabalhador para esta segunda (25/03)

Vagas na agência do Trabalhador para esta segunda (25/03)...

Confira seu horóscopo para este domingo (24/03)

Confira seu horóscopo para este domingo (24/03)...

Castrolanda cresce 16,1% e faturamento supera R$ 3,3 bi

Castrolanda cresce 16,1% e faturamento supera R$ 3,3 bi...

Rottas investe em obras e realiza projetos sociais em PG

Rottas investe em obras e realiza projetos sociais em PG...

Capa da edição deste fim de semana (23, 24 e 25/03/2019) do JM

Capa da edição deste fim de semana (23, 24 e 25/03/2019) do JM...

Implicância com a PM

Implicância com a PM...

Charge da edição deste fim de semana (23, 24 e 25/03/2019) do JM

Charge da edição deste fim de semana (23, 24 e 25/03/2019) do JM...

A água é um bem inesgotável?

A água é um bem inesgotável?...

Milla visita Bochenek visando informatização da Câmara

Milla visita Bochenek visando informatização da Câmara...

Alunos voltam a se manifestar contra PM no campus da UEPG

Alunos voltam a se manifestar contra PM no campus da UEPG...

Ratinho empossa Beto Preto

Ratinho empossa Beto Preto...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS