Aluna processa escola que exigiu que ela pintasse o cabelo

Insana

01 de novembro de 2017 10:06

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Médico assume ter gravado iniciais em fígado de pacientes

Convite de formatura ‘sincero’ bomba na internet

Blogueiro filma a própria morte ao cair de prédio de 62 andares

Gato vira-lata vira suspeito de tentativa de homicídio
Bombeiros libertam youtuber que cimentou a própria cabeça
Fumaça da fábrica de Viagra causa ereções em moradores
Patinadora é suspeita de mandar quebrar a perna de rival
A garota parou de ir à escola em setembro do ano passado e afirma que está sofrendo de fortes dores e irritação causada pela tintura/Foto: Reprodução /
PUBLICIDADE

A garota parou de ir à escola em setembro do ano passado e afirma que está sofrendo de fortes dores e irritação causada pela tintura

Uma adolescente no Japão processou autoridades do seu país depois que sua escola exigiu que ela tingisse o cabelo de preto ou seria expulsa. A jovem de 18 anos, que tem cabelo naturalmente castanho, está exigindo 2,2 milhões de ienes (cerca de R$ 64 mil) em danos do governo de Osaka. A estudante, que não teve o nome divulgado, afirmou que as aplicações de tintura danificaram seus cabelos e causaram erupções cutâneas no couro cabeludo.

A mãe da jovem disse aos professores antes de começar a frequentar o ensino médio que sua filha nasceu com cabelo naturalmente castanho e que, portanto, não quebrou a regra escolar exigindo que todos os alunos tenham cabelos preto.

Mesmo assim, os professores disseram que a estudante deveria pintar o cabelo de preto. Segundo a escola, até mesmo estudantes estrangeiras naturalmente loiras deveriam tingir o cabelo.

A garota parou de ir à escola em setembro do ano passado e afirma que está sofrendo de fortes dores e irritação causada pela tintura.

O caso chamou a atenção para os códigos de vestimenta rigorosos impostos por muitas escolas no Japão, que proíbem maquiagem e joias e exigem de que as saias das estudantes sejam de determinado tamanho.

Informações UOL Notícias

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização