Estudantes morrem na Índia tirando selfie em linha de trem

Insana

04 de outubro de 2017 10:24

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Médico assume ter gravado iniciais em fígado de pacientes

Convite de formatura ‘sincero’ bomba na internet

Blogueiro filma a própria morte ao cair de prédio de 62 andares

Gato vira-lata vira suspeito de tentativa de homicídio
Bombeiros libertam youtuber que cimentou a própria cabeça
Fumaça da fábrica de Viagra causa ereções em moradores
Patinadora é suspeita de mandar quebrar a perna de rival
Turistas tiram selfie nos arredores de Saputara, Índia/Foto: Divulgação/
PUBLICIDADE

A Índia é o país do mundo com mais mortes por selfies, com 60% do total mundial, segundo um estudo realizado entre março de 2014 e setembro de 2016

Três estudantes que faziam uma selfie em uma ponte ferroviária na cidade de Bidadi, no estado de Karnataka, sul da Índia, morreram atropelados por um trem, informou nesta terça-feira a polícia local.

"Encontramos os corpos mutilados na linha e abriu-se uma investigação", disse à AFP R S Bylanjaiah, um responsável da polícia ferroviária.

A Índia é o país do mundo com mais mortes por selfies, com 60% do total mundial, segundo um estudo realizado entre março de 2014 e setembro de 2016.

No mês passado, um homem foi esmagado por um elefante no estado de Odisha quando queria fazer uma foto junto com o animal. Em novembro três estudantes foram atropelados por um trem no norte do país.

Mumbai, a capital econômica da Índia, decretou 16 áreas onde as selfies são proibidas após diversas mortes.

Informações Yahoo Notícias

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização