Carro funerário é prensado por carreta na BR 364

Insana

13 de julho de 2017 14:14

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Nasce na Austrália um raríssimo vombate-de-nariz-peludo

Mulher de 59 anos engravida após tentar durante 40 anos

Americano fica mais de 30 min sem coração bater e sobrevive

Bebê morre após pegar herpes através de beijo
Casal que estava congelado há 75 anos é encontrado
Vereador mata cobra com mordida após ser picado
Projeto permite que médicos receitem casas para sem-teto nos EUA
Outra funerária precisou ser acionada para dar seguimento ao translado/Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Filho da vítima que acompanhava o corpo sofreu ferimentos leves

Um acidente inusitado, registrado por volta das 10h desta quinta-feira (13), deixou interditada a BR 364, entre as cidades de Pimenta Bueno e Cacoal. O carro de uma agência funerária ficou prensado entre duas carretas, e um defunto que era transportado no veículo precisou ser desencarcerado das ferragens. Os três veículos trafegavam no mesmo sentido: Pimenta/Cacoal.

Informações obtidas pelo Folha do Sul On Line, o “rabecão” havia passado por Vilhena, depois de buscar o corpo em Cuiabá (MT), para levá-lo até Cacoal. Viajavam no veículo, que é de Cacoal, além do falecido, o filho dele.

Na ponte sobre o rio Melgaço, uma carreta que seguia à frente freou bruscamente e outra, que vinha atrás, prensou o carro funerário, deixando-o destruído. Curiosamente, os dois vivos, o filho do finado e o motorista, sofreram lesões leves. Já o morto foi atingido junto com o caixão e, além dos Bombeiros, outra funerária precisou ser acionada para dar seguimento ao translado.

*Informações FolhadoSulonline

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização