Jovem é discriminada pela aparência e caso viraliza na web

Insana

21 de março de 2017 11:16

da redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Vídeo mostra momento da queda de avião, nos EUA

Pescadores capturam tubarão com 300 dentes

Internautas veem mulher com smartphone em quadro de 1860

Homem esquece onde estacionou e reencontra carro após 20 anos
Professora mandava ‘nudes’ e exigia sexo para aumentar notas
Jovem é eletrocutada por cabo de celular enquanto dormia
Execução de condenado à morte dá errado; entenda
Garota recebeu mensagem de um suposto advogado pedindo 'nudes' /Foto: Reprodução/Redetv/
PUBLICIDADE

Garota recebeu mensagem de um suposto advogado pedindo 'nudes'

Uma jovem que estava guardando dinheiro que ganhava trabalhando como faxineira recebeu um proposta indecente de um homem que lhe enviou insultos sexuais e pediu que ela lhe mandasse 'nudes'. As informações são do Mail Online.

Chelsea Dann, de 18 anos, recebeu uma mensagem seu WhatsApp de um homem que dizia ser advogado. Ele pediu que ela lhe enviasse, além do currículo, fotos suas. Apesar de achar estranho, ela enviou uma, e foi quando tudo começou a parecer cada vez mais estranho.

"Eu prefiro ter uma jovem e atraente mulher trabalhando para mim do que uma senhora, isso 'pega mal', eu sou um executivo de sucesso", ele escreveu em uma das mensagens. O homem se recusou a enviar qualquer foto sua e, quando viu que Chelsea tinha tatuagens, começou a acusá-la de ser uma 'mão de três vivos que vive de seguro-desemprego'.

"Ele foi horrível e nem um pouco educado. Eu o bloqueei do meu celular. Estava tentando arrumar um emprego e fui discriminada por causa da minha aparência. Isso fez com que eu me sentisse muito insignificante", ela declarou ao Mail Online.

Informações Redetv

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização