Previs?o do tempo
   
Gêmeas que ‘dividem’ marido se arrependem de cirurgias

Insana

23 de janeiro de 2017 17:00

Dhiego Tchmolo

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Funcionário de restaurante ‘trolla’ técnico Paulo Autuori

Maior navio do mundo fará viagem inaugural no próximo ano

Empresária do MS encontra larvas dentro de bombom

Demi Lovato tem fotos hackeadas
Jovem é discriminada pela aparência e caso viraliza na web
Aluno é deixado de helicóptero em escola após perder horário
Modelo morre atropelada por trem durante ensaio
PUBLICIDADE

A história alternativa de duas mulheres da Austrália tem meio milhão de reais para ficarem mais parecidas, depressão pela aparência e cama dividida com o ‘esposo’.

Na Austrália uma cena bem curiosa e pouco comum vem chamando a atenção da imprensa internacional. Trata-se das gêmeas Anna e Lucy DeCinque, de 31 anos, que teria gasto o equivalente a R$ 500 mil reais em cirurgias plásticas para ficarem mais parecidas. Contudo, após tantos procedimentos como implantação de silicone e preenchimento labial, as duas estão arrependidas com a aparência pouco ‘natural’.

A história não para por aí. Elas pretendem casar com o mesmo homem, o eletricista Ben Byrne, com quem se relacionam há cerca de cinco anos. Quer mais? Os três moram na mesma casa. E dividem a mesma cama. O objetivo é que o casamento seja consumado em Tucson, nos Estados Unidos.

"O que achávamos que era bonito, agora achamos feio", falaram em entrevista à revista australiana ‘New Idea’. Atualmente, elas vivem a base de medicamentos antidepressivos por não aceitarem a aparência. “Temos vergonha do que fizemos a nós mesmas", aponta uma das gêmeas.

Com informações de TN Online.

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização