Dicas para uma alimentação saudável

Homem-fitness

23 de outubro de 2017 10:20

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Dicas para uma alimentação saudável

Dicas para perder barriga

Como ficar em forma antes do verão

Exercícios em casa para tonificar os músculos
Você é viciado em academia?
Como ficar com o corpo definido com as dietas adequadas
Como ficar com o corpo definido e chamar a atenção
Para estar bem consigo mesmo, é de extrema importância ter uma alimentação rica em vitaminas e minerais que irão deixar o corpo em perfeitas condições físicas /Foto: Divulgação iStock, Getty Images/Da Redação
PUBLICIDADE

Para estar bem consigo mesmo, é de extrema importância ter uma alimentação rica em vitaminas e minerais que irão deixar o corpo em perfeitas condições físicas

Para estar bem consigo mesmo, é de extrema importância ter uma alimentação rica em vitaminas e minerais que irão deixar o corpo em perfeitas condições físicas. Por isso, devemos prestar atenção naquilo que ingerimos no nosso cotidiano.

Para manter a pele firme, bonita e jovial, a saúde e a boa forma em dia, o ideal é ter uma alimentação equilibrada e rica em nutrientes que são fundamentais para o bom funcionamento do nosso organismo. Sabendo de tal importância, fique atento à sua alimentação! Será que você realmente se alimenta bem? Veja algumas dicas e cuidados que devemos ter com a nossa rotina alimentar.

- Você ingere a quantidade de água necessária? Mais da metade do nosso organismo é composto de água. Nossos músculos, por exemplo, possuem 80% de água, ou seja, até para "ficar fortinho" precisamos beber bastante líquido. "Pele mais bonita, unhas e cabelos mais fortes e brilhoso, livre de inchaço, são alguns dos benéficos do consumo adequado de água", indica a nutricionista Paola Lisboa.

- Comer de 3 em 3 horas: Parece humanamente impossível se alimentar nesse período com a correria do dia a dia. Por isso, o ideal é sempre termos um lanchinho saudável na bolsa, até mesmo para fugir das tentações que encontramos pelas ruas. Frutas secas ou frescas, oleaginosas como castanhas, amêndoas e nozes, por exemplo, são sempre indicadas para "salvar" esses momentos. Além de serem saudáveis, ricas em fibras e vitaminas, elas proporcionam saciedade, impedindo a gula.

- Atente-se as gorduras ingeridas: Consuma as gorduras boas, que são as mono e poliinsaturadas. Elas podem ser encontradas no abacate, no azeite extravirgem e no óleo de coco, por exemplo, e ajudam a diminuir colesterol ruim (LDL) e aumentar o bom (HDL), trazendo maior saciedade e ajudando no processo de emagrecimento. Além disso, são fontes antioxidantes.

- O consumo de ovos é saudável e indicado: "Depois do leite materno, o ovo é o alimento mais completo que existe. É rico em vitamina A, que é ótima para visão, ajuda no desempenho cognitivo, sendo uma ótima fonte de proteínas a serem ofertada no café da manhã", ressalta a profissional.

- Você opta pelos alimentos integrais? Não segredo para ninguém que os produtos integrais são infinitamente melhores que o alimentos à base de farinha branca. São ricos em fibras que provocam a saciedade e também atuam no controle da glicemia e colesterol. O arroz e o macarrão, por exemplo, são produtos facilmente substituíveis pelos integrais. Além do fato de terem sabor semelhantes, eles são mais saudáveis e adaptáveis no dia a dia.

- Diminua os doces e açúcares: Se você é uma daquelas pessoas que não pode deixar de comer um docinho, saiba que o açúcar em excesso faz mal, são calorias vazias, ou seja, não trazem nenhum benefício ao organismo.

- Esqueça os adoçantes: Quem acredita que está sendo mais saudável trocando o açúcar pelo adoçante, está bem enganado. "Os adoçantes estão ligados ao acúmulo de gordura abdominal, relacionado ao risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Prefira açúcar de coco ou demerara", aconselha a nutricionista.

Informações http://www.conquistesuavida.com.br/noticia/voce-se-alimenta-bem-veja-7-dicas-para-deixar-sua-alimentacao-saudavel_a3903/1

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização