Orientações e cuidados com a depilação a laser

Homem-estilo

30 de agosto de 2017 10:41

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Dicas de como escolher óculos de grau masculino

Dicas para cortes de cabelo ideais para o seu rosto

Dicas para você escolher perfume masculino

3 sugestões de uso para camisas masculinas Jeans
Homens modernos querem também uma morada bonita
7 dicas para os homens que querem se vestir bem
Dicas para amenizar olheiras em homens
O tratamento é mais eficiente quando o pelo for grosso e bem preto, por conta da afinidade do aparelho pelo pigmento/Foto: Reprodução/
PUBLICIDADE

Durante o inverno, aumenta a procura por tratamentos estéticos, inclusive a depilação

Durante a estação do inverno, aumenta a procura por tratamentos estéticos, e a depilação a laser está no top 5 dos mais requisitados, e os homens também estão preocupados com a estética. Segundo Luz Marina Hannah Grohs, dermatologista da Neoderme, este é o melhor momento para esse tipo de procedimento, que pode ser feito por homens e mulheres.

“No inverno ocorre uma menor incidência de raios solares, e essa menor exposição ajuda a potencializar os resultados. E um dos motivos pela alta procura pela depilação a laser é a facilidade de eliminar os tão indesejáveis pelos com apenas algumas sessões. A depilação a laser pode ser feita em várias partes do corpo, como por exemplo, pernas, virilha, axilas, buço e barba”, explica a dermatologista.

A indicação é que a depilação a laser seja feita a partir dos 18 anos, pois antes disso está ocorrendo a maturação hormonal (puberdade); logo, é necessário esperar o desenvolvimento completo dos pelos.

Orientações na pré e pós-depilação

Quem quiser acabar com os pelos deve ficar atento a algumas orientações, como não estar com a pele bronzeada e interromper qualquer método depilatório antes do procedimento.

“A afinidade do aparelho, seja laser ou luz pulsada, é pelo pigmento do pelo, a melanina. Então, se o paciente fizer a depilação com a pele bronzeada corre-se o risco de queimar a pele. Além disso, é preciso parar com qualquer método depilatório que retire o pelo pela raiz, tais como depilação com cera, creme depilatório ou pinça. A orientação é usar os famosos aparelhos de barbear de 30 a 40 dias antes do início da depilação, já que eles apenas cortam o pelo e não o retiram pela raiz como os outros métodos”, lembra a especialista.

Já na pós-depilação, vale lembrar que a pele pode ficar um pouco irritada e inflamada. Então a dica é fazer uma boa hidratação e usar sempre filtro solar, para que a pele não fique bronzeada e não prejudique o procedimento. “É necessário aguardar um intervalo de 30 a 40 dias entre uma sessão e outra, pois este é o período de crescimento dos novos pelos. Em torno de 15 dias eles podem cair e isso é considerado normal. Em alguns casos, pode-se encurtar o intervalo de uma sessão ou aumentar, dependendo do local e resposta do paciente”, ressalta a dermato.

Quantas sessões fazer?

De acordo com a doutora Hannah, o número de sessões depende da região e diâmetro do pelo. Em média, são necessárias de 5 a 6 sessões para se obter uma redução dos pelos em torno de 90% da quantidade. “Em áreas como a barba masculina são indicadas até 10 sessões ou mais, tudo por causa do contínuo estímulo hormonal. Após estas sessões é comum aparecer alguns pelos restantes, sendo feita apenas a manutenção”.

Pelos grossos, resultado melhor!

O tratamento é mais eficiente quando o pelo for grosso e bem preto, por conta da afinidade do aparelho pelo pigmento. “Quando o pelo é mais fino ou até branco, o método pode não funcionar”, finaliza a especialista.

Informações Clínica Neoderme

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização