Curiosidades sobre a Cerveja | A Rede - Aconteceu. Tá na aRede!
Curiosidades sobre a Cerveja

Homem-cerveja

29 de agosto de 2017 11:10

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Curiosidades sobre a Cerveja

As 15 melhores cervejas artesanais vendidas no Brasil

Parceria permite encomendar cerveja direto da plataforma

A cerveja é uma das bebidas alcoólicas mais antigas do mundo. Há indícios de que ela já era produzida desde 6000 a.C/Foto: Divulgação/
PUBLICIDADE

A bebida alcoólica mais consumida no mundo está envolta de vários mitos e curiosidades. Você sabia que ela não é a responsável pelo acúmulo de gordura da barriga? Confira mais curiosidades da bebida:

Toda primeira sexta-feira de agosto é comemorado o Dia Internacional da Cerveja, a bebida alcoólica mais consumida do planeta. A comemoração foi criada por Jesse Avshalomov e Evan Hamilton, dois amigos de San Francisco, na Califórnia (EUA), com o propósito de “unir o mundo para celebrar a cerveja”.

A data, que era 5 de agosto, foi alterada pelos criadores no ano passado para ser sempre na primeira sexta-feira do mês de agosto, já que este é o dia da semana em que, naturalmente, os bares ficam mais cheios e o consumo é maior. A bebida é uma das mais populares do mundo e diversas curiosidades rondam a sua história. Confira alguns fatos interessantes sobre a cerveja:

Origem

A cerveja é uma das bebidas alcoólicas mais antigas do mundo. Há indícios de que ela já era produzida desde 6000 a.C. pelas civilizações antigas do Egito, da Mesopotâmia e dos Sumérios. Não era necessariamente feita de trigo ou cevada, mas era fermentada com outros grãos.

Popularidade

Depois da água e do chá, é a 3ª bebida mais consumida do mundo e a mais popular entre as bebidas alcoólicas.

No Brasil

A bebida chegou no Brasil junto com a família real e a corte portuguesa, em 1808. Dizem que Dom João VI gostava muito de tomar cerveja e não podia ficar sem bebe-la.

Como nesta época Portugal estava sob o domínio da França de Napoleão, também ficou praticamente impossível importar vinho e, ao mesmo tempo a abertura dos portos às nações amigas permitiu que a Inglaterra comercializasse cerveja no Brasil pela primeira vez.

Livro dos Recordes

O chamado “livro dos recordes” – The Guiness Book – leva o nome da cerveja irlandesa cuja história teve início em 1975, a “Guiness”.

Hugh Beaver era presidente da cervejaria em 1951 e se envolveu numa discussão durante uma caçada na Irlanda sobre qual seria a ave de caça mais veloz da Europa.

Percebendo que não havia livros em que ele pudesse conferir a resposta, Beaver decidiu fazer “Guinness Book of Records” e batizou a publicação com o nome da cerveja.

Oktoberfest

O maior festival de cerveja do mundo é realizado na cidade de Munique, na Alemanha. Mas a festa não começou por causa da bebida, e sim como uma celebração de casamento.

Em 1810, o príncipe Ludwig von Bayern se casou com a princesa Therese von Sachsen-Hildburghausen. Os dois fizeram uma grande festa em Munique em que ofereceram aos convidados comidas e bebidas típicas do estado da Baviera. e cujo ápice foi uma corrida de cavalos.

Repetida nos anos seguintes, a festa tornou-se tradição e hoje é bem mais conhecida pelos milhões de litros de cerveja que são servidos a cada ano: 6 milhões, em média.

Barriga de cerveja

A bebida é conhecida por proporcionais aos seus consumidores mais fieis a famosa “barriga de cerveja” ou “chopp”. Entretanto, estudos comprovam que a cerveja não é a responsável pela gordura localizada na região. Ela apenas interfere no aumento de gordura corporal total.

Cerveja de Banana

No Congo, é produzida de forma artesanal uma cerveja feita a partir de banana, um dos principais produtos que movimentam a economia do país africano.

Água faz cerveja boa

A água representa praticamente 90% da base da cerveja e é essencial para o sabor da bebida. Tanto que muitas vezes é este o componente que caracteriza tipos de cerveja diferentes.

Na cidade de Pilsen, por exemplo, a água é pobre em sais e apropriada para a elaboração da clara e lupulada cerveja tipo Pilsen.

Já a água de Munique já tem uma composição diferente que proporciona a fabricação da cerveja escura do tipo Munique. Cervejarias importantes levam em conta a qualidade e o volume da água na fabricação de cada tipo de cerveja.

Informações http://exame.abril.com.br

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização