São Paulo sedia penúltima etapa da F1 neste domingo

Esporte

11 de novembro de 2017 09:09

Fernando Rogala

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

PG decide vaga para a final do basquete feminino

Equipes de Bolão de PG entram na luta por medalhas nos JAPs

Ponta Grossa estreia no futsal feminino dos 60º JAPs

Operário apresenta reforços para temporada de 2018
Ciclista de PG garante dois bronzes nos JAPs
PG domina natação na fase final dos Jogos Abertos
Paraná vence o CRB e volta à Série A após dez anos
/Foto: Divulgação Ferrari
PUBLICIDADE

A capital paulista recebe, neste final de semana, o GP Brasil de Fórmula 1, penúltima etapa do campeonato mundial. Pela primeira vez os brasileiros poderão ver, de perto e ‘em casa’, os novos carros da categoria máxima do automobilismo mundial. Quem estará nas arquibancadas do Autódromo de Interlagos terá o privilégio de acompanhar os carros mais rápidos da história da competição.

Nesta sexta-feira (10), nos treinos livres, o recorde do autódromo foi por água abaixo. Ainda pela manhã, no primeiro do dois treinos, o inglês Lewis Hamilton já cravou o tempo de 1min09s202, a mais rápida da história nos 4.309 metros de pista, pela primeira vez abaixo da casa de 1:10.  Pneus mais largos, asas maiores, carro também mais largo estão entre as principais mudanças em relação aos anos anteriores, que possibilitam a quebra dos recordes, já que o carro, com mais pressão aerodinâmica (downforce), tem mais aderência para fazer as curvas.

Pelo que se viu nesta sexta, assim como foi na última etapa, parece que haverá um equilíbrio muito grande entre três equipes: Mercedes, Ferrari e Red Bull. Isso ocorre porque Interlagos é uma pista travada, uma das mais lentas da categoria. Nessas características, a Mercedes tem um rendimento inferior, enquanto que a Red Bull cresce, equivalendo às forças com a Ferrari. Os seis carros dessas equipes viraram na casa de 1:09, com vantagem para Lewis Hamilton, que foi o mais rápido nas duas sessões. Felipe Massa, piloto brasileiro da Williams que fará sua penúltima corrida na categoria, foi o mais rápido do ‘segundo pelotão’, cravando o sétimo melhor tempo.

Quem for para o autódromo, no entanto, não terá a oportunidade de assistir uma disputa direta pelo título. O motivo é que o inglês Lewis Hamilton consagrou-se campeão antecipadamente na etapa anterior, no GP do México. As brigas agora ficarão pelo vice-campeonato (entre Vettel e Bottas) e por posições intermediárias da tabela.

O treino classificatório para o GP Brasil de Fórmula 1 está marcado para as 14 horas deste sábado (11) – três horas antes, às 11h, tem o terceiro treino livre. A largada da corrida ocorrerá também às 14 horas deste domingo (12). A transmissão ficará a cargo da Rede Globo de Televisão. 

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização