Estudante da UEPG leva R$ 4 mil em torneio de poker

Esporte

10 de abril de 2017 13:33

Rodrigo de Souza

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

AMCG Esportes premia vencedores da Copa de Futsal

Athos exalta união e vê Operário “no caminho certo”

Basquete de Castro encerra Jojups invicto

Geada atrapalha, mas finalistas do futsal são definidos
Castro é virtual campeão e PG luta pela prata no basquete
Ponta Grossa fica com a prata no handebol feminino
Ponta Grossa disputa as semifinais do futsal feminino
Foto: Divulgação/
PUBLICIDADE

Diogo Bittencourt venceu a 2ª etapa do Campeonato Pontagrossense e, de quebra, ainda garantiu uma vaga no torneio paranaense. Premiação total chegou a R$ 16 mil.

O estudante de Engenharia Civil da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Diogo Bittencourt, conquistou o primeiro lugar na 2ª etapa do Campeonato Pontagrossense de Poker, realizado durante o último sábado (08) na sede da Araxá Eventos. Diogo bateu mais de 100 participantes durante o torneio e levou para casa pouco mais de R$ 4 mil.

Além da premiação em dinheiro, a casa ainda garantiu ao campeão da etapa uma vaga em um dos torneios do Campeonato Paranaense. A competição em Ponta Grossa somou mais de R$ 16 mil em premiações para os melhores colocados. Segundo o diretor da Araxá, Carlos Carlos Henrique Fortes, a bonificação total é uma das maiores já pagas em Ponta Grossa. “Entramos para a história da cidade com a maior premiação paga em um evento realizado em dia único”, afirma.

O campeão Bittencourt e os melhores colocados ainda somaram pontos no ranking anual, que levará o melhor jogador das 10 etapas do campeonato municipal para Las Vegas, onde disputará um torneio da World Series of Poker (WSOP), considerado o mundial da modalidade.

Legalidade

Antes considerado um jogo de azar e lembrado por espaços sujos e rodeado de vícios, o poker vive um momento de amplo crescimento no Brasil e no mundo. Atualmente a modalidade foi oficializada pela Internacional Mind Sports Association (IMSA) como um esporte da mente, tal como o xadrez, a dama e o gamão. A entidade acredita que o poker é composto de uma série de fatores onde a habilidade do jogador prevalece, como a leitura do adversário, por exemplo. No país, o poker é regulamentado pela Confederação Brasileira de Texas Hold’em (CBTH).

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização