Bernardinho deixa comando da seleção de vôlei

Esporte

11 de janeiro de 2017 19:00

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Leandro elogia estrutura do Ponta Grossa Futsal

Grêmio bate Independiente nos pênaltis e é o dono da América

No sufoco, Vasco avança à fase de grupos da Libertadores

Caramuru vence o Corinthians fora de casa por 3 sets a 1
Em jogo eletrizante, Atlético-PR avança na Copa do Brasil
Caramuru enfrenta hoje o Corinthians em Guarulhos
Nadadores de PG disputam primeira competição do ano
/Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
PUBLICIDADE

Treinador se retira do cargo após 16 anos à frente do Brasil.

Depois de quase 16 anos à frente da seleção brasileira masculina de vôlei, o técnico Bernardo Rocha de Rezende, o Bernardinho, deixou o cargo hoje (11). Seu substituto, apresentado oficialmente pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), é o ex-jogador da seleção Renan Dal Zotto, que fez parte da chamada "geração de prata" do voleibol brasileiro junto com outros atletas  famosos como Montanaro, William, Bernard, o próprio Bernardinho e Carlão.

Segundo informou o diretor de seleção da CBV, Radamés Lattari, “Bernardinho agradeceu o convite para continuar como treinador, mas preferiu ter um tempo agora para se dedicar um pouco mais à família, às coisas dele, e ele vai continuar colaborando da melhor forma que julgar com o trabalho do Renan, que foi escolhido pelo presidente Toroca (Walter Pitombo Laranjeiras) como novo treinador”.

Lattari assegurou que não haverá novas modificações nas seleções. José Roberto continua técnico da seleção feminina brasileira de vôlei e Renan assume a seleção masculina a partir de hoje.

Informações da Agência Brasil.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização