Empresa reaproveita material ‘descartável’ em projetos | A Rede - Aconteceu. Tá na aRede!
Empresa reaproveita material ‘descartável’ em projetos

especiais-rodovias

07 de outubro de 2017 13:33

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Rodovia impulsiona novos empregos em Piraí do Sul

Obras em rodovias geram mais de mil empregos

Concessões modernizam profissões em rodovias

RodoNorte repassa R$ 488 milhões aos municípios
Arrecadação nas rodovias impacta nos cofres de PG
Empresa reaproveita material ‘descartável’ em projetos
Rodovias contribuem para desenvolvimento social
/Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

CCR RodoNorte utiliza lonas publicitárias e uniformes antigos de funcionários para a confecção de objetos que geram empregos, renda e desenvolvimento regional.

No início, a ideia era simplesmente evitar o uso de sacolinhas plásticas nas compras em panificadoras. Mas uma proposta muito mais fez com que o projeto ‘SacoLona’ ganhasse rumos ainda mais interessantes. Criado em 2008 por meio de uma parceria entre a CCR RodoNorte e a Associação para Produção de Sacolas Retornáveis (Aprosar), a proposta permitiu a geração de emprego, renda e ainda encontrou uma alternativa para evitar o descarte de materiais no meio ambiente.

O objetivo do projeto é reutilizar a lona usada em painéis de publicidade fixados nas rodovias cuidadas pela concessionária em sacolas retornáveis e outros produtos semelhantes, como bolsas, pastas de malote, estojos escolares, necessaires e muitos outros - atualmente são mais de 100 produtos confeccionados. A ação virou um verdadeiro ‘negócio’ para os envolvidos, empregando cerca de 80 costureiras no projeto.

A Aprosar surgiu através do ‘Movimento Nós Podemos Paraná’, realizado pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep). O projeto inicial contava com ex-alunas do programa municipal de qualificação profissional do setor de confecção e vestuário de Ponta Grossa, com o apoio da Rede de Panificadoras local. A ideia era evitar a utilização de sacolinhas plásticas durante as compras de pães, tortas, doces e salgados, substituindo-as por sacolas inicialmente produzidas com ráfia trançada - material retirado de sacos de grãos, usados pela indústria.

Por conta da habilidade e do bom trabalho realizado, a associação foi escolhida pela CCR RodoNorte para reaproveitar as lonas de comunicação da empresa. Experiente, a Aprosar acumula cerca de 10 mil itens vendidos por ano - a maioria deles no Paraná - e funciona atualmente como uma microempresa.

Em 2014, o programa deu um novo passo no Estado: a parceria com a Associação de Costureiras de Ipiranga, para a implantação do SacoLona no município. A iniciativa também conta com o apoio do poder público, que apostou que o sucesso conquistado em Ponta Grossa também se repetisse no município vizinho. No projeto, as costureiras também possuem a matéria-prima doada pela CCR RodoNorte e contam com apoio para a compra das máquinas utilizadas no trabalho.

Ampliação atinge uniformes de colaboradores

Com a proposta em alta e rendendo grandes resultados, o projeto de reutilização de materiais foi ampliado. A parceria colocou em prática o ‘UniFormas’, com o objetivo de também contribuir com o meio ambiente. Nele, todos os uniformes dos colaboradores do Grupo CCR, quando descartados, são reaproveitados na confecção de novas peças de roupas, almofadas, mochilas e outros produtos, com o apoio das costureiras do projeto. Além de dar a destinação correta para o material utilizado nas rodovias, a CCR RodoNorte ainda ajuda a garantir emprego e renda para as mulheres envolvidas.

CCR RodoNorte apoia projetos esportivos e culturais na região

Das quadras aos palcos, a CCR RodoNorte apoia projetos que levam entretenimento à comunidade. Mais que patrocinar equipes esportivas e eventos culturais, a empresa aposta no incentivo à prática das atividades para contribuir com o desenvolvimento local. Dois exemplos já consolidados são os projetos ‘Novo Basquete Ponta Grossa’ (NBPG) e o Festival Nacional de Teatro (Fenata).

 Através da Lei de Incentivo ao Esporte, a empresa coloca o nome de Ponta Grossa nas principais competições estaduais e nacionais de basquete com o NBPG. Como se não bastasse, os atletas ainda participam de projetos sociais, incentivando a prática de esportes por crianças e adolescentes - servindo de espelho para toda uma geração.

Os jogadores também são contemplados pelo projeto: além de salários e ajuda de custo, eles contam com bolsas de estudos disponibilizadas por uma faculdade parceira e têm à disposição uma equipe de treinadores completa para garantir a melhor preparação física para a prática do esporte a nível profissional.

O NBPG ainda promove a prática esportiva entre crianças e adolescentes, mantendo categorias de base que disputam as principais competições do esporte a nível estadual. Caso se destaquem, os ‘atletas-mirins’ também têm a oportunidade de chegar ao time profissional, criando uma carreira sólida no basquete.

A parceria no âmbito cultural também é importante. A empresa apoia, há 14 anos, o mais tradicional e um dos mais antigos festivais de teatro do país, o Fenata - realizado pela Universidade Estadual de Ponta Grossa há 45 anos ininterruptos.

Graças à parceria com a CCR RodoNorte, o Festival ampliou o número de espectadores e a quantidade de apresentações, proporcionado resultados cada vez melhores para o espetáculo. Por conta do apoio, o número de companhias artísticas participantes aumenta a cada ano, com outras tantas interessadas em participar do evento.

Pessoas de todos os cantos do Brasil desembarcam em Ponta Grossa durante o mês de novembro para apresentar a arte teatral. Quem ganha é a comunidade local, que aprecia espetáculos - a maioria deles gratuitamente - realizados por companhias de todas as regiões do país.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização