Rodovias contribuem para desenvolvimento social | A Rede - Aconteceu. Tá na aRede!
Rodovias contribuem para desenvolvimento social

especiais-rodovias

07 de outubro de 2017 12:06

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Rodovia impulsiona novos empregos em Piraí do Sul

Obras em rodovias geram mais de mil empregos

Concessões modernizam profissões em rodovias

RodoNorte repassa R$ 488 milhões aos municípios
Arrecadação nas rodovias impacta nos cofres de PG
Empresa reaproveita material ‘descartável’ em projetos
Rodovias contribuem para desenvolvimento social
/Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Responsável por cuidar de rodovias na região, CCR RodoNorte possui 31 programas sociais ativos em 20 cidades paranaenses. Projetos atenderam mais de 200 mil pessoas somente em 2017.

Sustentabilidade empresarial é uma das expressões mais importantes no mundo atual das empresas socialmente responsáveis. A responsabilidade social está, atualmente, nas principais ‘missões’ de toda companhia que encare o envolvimento com as comunidades como um valor da empresa e um compromisso público.

Com o objetivo de impulsionar a geração de valor no capital social e de relacionamento nas comunidades que atua, o grupo CCR criou, em 2014, o Instituto CCR, uma organização privada, sem fins lucrativos e qualificada como ‘Organização da Sociedade Civil de Interesse Público’ (OSCIP). A iniciativa busca ampliar a prestação de serviços junto aos principais públicos com os quais se relaciona. Atualmente o Instituto CCR conta com 116 projetos em 137 municípios brasileiros, somando mais de 1 milhão de pessoas atendidas somente em 2017.

A criação do instituto fortaleceu iniciativas já realizada pela companhia e pelas suas ‘ramificações’. No Paraná, a CCR RodoNorte mantém 31 projetos ativos em 20 cidades - localizadas entre o norte do estado, passando pela região dos Campos Gerais e chegando até Curitiba. No primeiro semestre deste ano, mais de 200 mil pessoas já foram beneficiadas pelos programas.

Caminhoneiros ganham exames médicos e tratamentos odontológicos

Mais que fazer um lanche ou abastecer o caminhão, motoristas que passaram pela PRC-373 e param em um posto de combustíveis nas proximidades do acesso ao Jardim Los Angeles, em Ponta Grossa, são beneficiados – duas vezes por mês – com a realização gratuita de exames médicos e tratamentos odontológicos preventivos.

Os serviços são gratuitos e realizados de maneira itinerante nas rodovias cuidadas pela CCR RodoNorte pelo programa ‘Estrada para a Saúde’. Em uma unidade móvel, o projeto oferece consulta médica, vacinas, exames de diabetes, triglicerídeos e colesterol; e aferição da pressão arterial e do índice de massa corporal.

Com o apoio de instituições parceiras, o motorista ainda pode cortar o cabelo e participar de oficinas sobre doenças sexualmente transmissíveis e outros cuidados sexuais, além de receber orientações sobre tipos de câncer e se conscientizar a respeito da exploração sexual infantil.

Desde o início do programa, em 1998, foram mais de 30 mil motoristas atendidos pelo programa. Além das edições regulares do ‘Estrada para a Saúde’, a CCR RodoNorte também realiza edições especiais em parcerias com empresas da região, com o objetivo de atender os motoristas que prestam serviços para estas organizações.

Crianças aprendem sobre educação no trânsito nas escolas

O mês de setembro foi marcado por uma ação nas praças de pedágio da CCR RodoNorte. Cartas escritas por crianças eram entregues a motoristas que cruzavam os postos - seja por conta do trabalho ou por uma viagem a passeio. O material foi produzido durante as aulas de Educação Para o Trânsito nas escolas públicas municipais de oito cidades: Califórnia, Marilândia do Sul, Ipiranga, Ponta Grossa, Carambeí, Castro, Tibagi e Piraí do Sul.

O incentivo é desenvolvido através do Instituto CCR em parceria com as prefeituras. O projeto ‘Caminhos para a Cidadania’ leva a matéria para as salas de aulas com o objetivo de conscientizar, desde cedo, crianças em relação aos cuidados que devem ser tomados no trânsito.

Os professores recebem capacitação para o tema em cinco oficinas anuais, ministradas pela própria empresa - que ainda fornece o material didático a ser utilizado nas aulas. As oficinas pedagógicas resultam, por exemplo, na confecção das cartas que são distribuídas pelos próprios alunos nas rodovias ou em blitze educativas.

O projeto busca a formação em segurança no trânsito, com claro direcionamento para a formação cidadã. Na sala de aula, o conteúdo é tratado de forma interdisciplinar, dialogando a questão trânsito e meio ambiente com todas as outras disciplinas. Em todo o Brasil, 144 escolas participam do programa em 2017, totalizando 14 mil alunos envolvidos e 608 professores.

Projeto ‘converte’ anéis de lata em cadeiras de roda

Quem viaja com frequência pelas rodovias que ligam Apucarana, Sengés, Ponta Grossa e Curitiba, com certeza tem na cabeça a imagem de uma garrafa pet cortada ao meio e pendurada nas cabines das praças de pedágio. Nelas são depositados anéis (ou lacres) de lata com o objetivo de formar uma corrente do bem através do engajamento e conscientização coletiva.

Envolvendo colaboradores, usuários e toda a comunidade das cidades que abrangem as rodovias cuidadas pela CCR RodoNorte, a empresa criou o projeto ‘Lacre Solidário’, para a arrecadação de anéis de latas de alumínio. Os pontos de arrecadação, além das praças de pedágio, também são encontrados em centenas de empresas e instituições parceiras.

O material arrecadado é ‘trocado’ por cadeiras de rodas e doados para pessoas e entidades que necessitam do equipamento. A campanha, também orientada pelo Instituto CCR, incentiva colaboradores em ações de trabalho voluntário e ajuda ao próximo. Desde o início dos trabalhos, em 2014, até o final do ano passado, foram 60 cadeiras doadas para instituições de 10 municípios diferentes - que representam, em média, mais de 25 milhões de lacres arrecadados.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização