Rodovias melhoram ambiente de negócios no PR | A Rede - Aconteceu. Tá na aRede!
Rodovias melhoram ambiente de negócios no PR

especiais-rodovias

02 de setembro de 2017 08:39

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Rodovia impulsiona novos empregos em Piraí do Sul

Obras em rodovias geram mais de mil empregos

Concessões modernizam profissões em rodovias

RodoNorte repassa R$ 488 milhões aos municípios
Arrecadação nas rodovias impacta nos cofres de PG
Empresa reaproveita material ‘descartável’ em projetos
Rodovias contribuem para desenvolvimento social
/Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Estradas em bom estado de conservação são atrativo para a implantação de multinacionais e refletem no baixo custo do transporte no agronegócio.

Durante um encontro em Nova York na última semana com investidores internacionais, o governador Beto Richa (PSDB) destacou que o Paraná vive seu maior ciclo de industrialização da história. Dentre os motivos citados, como ajuste fiscal e o bom reconhecimento fora do país, Richa citou que as rodovias do Estado apresentam condições ideais de transporte e escoamento para qualquer segmento industrial.

O governador ressaltou que o Paraná é a quinta maior economia brasileira, concentrando 6% do PIB nacional, e conta com a segunda indústria automotiva, terceira indústria de transformação e o quarto maior parque de processamento de petróleo do País, além de um exemplar sistema agrícola. Ele destacou que no primeiro semestre deste ano, o Estado cresceu 2,5%, frente a uma redução de 0,4% no PIB nacional. As exportações paranaenses também tiveram alta de 14% no período.

Além das estratégias e incentivos para a atração e ampliação de negócios privados, o governador afirmou que o Estado possui uma infraestrutura já consolidada, mas que depende da manutenção constante para seguir servindo de exemplo. Segundo o governador, as melhorias apresentadas pelas concessionárias de rodovias, como duplicações, obras de restauração e melhoria na trafegabilidade, são um dos maiores atrativos do Paraná.

Quem também destacou a importância dos investimentos rodoviários recentemente foi a então governadora em exercício, Cida Borghetti (PP) - ela assumiu temporariamente o governo do Estado por conta de uma viagem de Richa aos Estados Unidos. Durante uma fala no Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (Siavs), na última terça-feira (29) em São Paulo (SP), Cida destacou a duplicação e a modernização de rodovias como ponto importante para o desenvolvimento do segmento agropecuário do Paraná.

A infraestrutura do Estado garantiu, por exemplo, a chegada da multinacional do segmento de bebidas AmBev ao município de Ponta Grossa. construída às margens da rodovia BR-376 e inaugurada no final de 2015, a empresa investiu sozinha R$ 848 milhões na construção e funcionamento da nova indústria até 2016. Durante a chegada da AmBev ao município, diretores fizeram questão de enfatizar a construção em Ponta Grossa por conta do posicionamento estratégico para o escoamento e exportação das bebidas, além da excelente condição da rodovia e da duplicação do trecho, que facilita o transporte e a distribuição dos produtos fabricados.

A AmBev não foi a única a escolher o Paraná como sede de uma nova indústria por conta dos investimentos em obras rodoviárias consolidados pelo Estado e pelas concessionárias. Empresas como Klabin (em Ortigueira) e Mars Brasil (em Ponta Grossa) também garantiram que a facilidade do escoamento pesou na escolha do Estado para o local de novos empreendimentos.

O Estado continua atraindo grandes empresas. Atualmente, a General Mediterranean Holding (GMH) investe R$ 1,7 bilhão na construção de um grande complexo avícola em em Jaguariaíva, nos Campos Gerais. A escolha pela implantação da unidade no município também se deu, em partes, pelas boas condições da rodovia PR-151 e pelas obras de duplicação do trecho entre a cidade e Piraí do Sul, realizadas pela concessionária CCR RodoNorte.

Secretário destaca BR-376 como corredor do agronegócio

O secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, José Richa Filho, destacou a importância da obra de duplicação da rodovia BR-376, entre Ponta Grossa e Apucarana, para o desenvolvimento agropecuário do Paraná. O trecho recebe atualmente investimentos da ordem de R$ 1,1 bilhão, que envolvem a duplicação, construção de obras de artes e de trevos e acessos.

“[A BR-376] É um dos principais corredores rodoviários do agronegócio paranaense. A duplicação impactará diretamente na produção, reduzindo o tempo de viagem e os custos da operação das cooperativas e indústrias”, destaca o secretário.

A concessionária CCR RodoNorte é a responsável pela administração de um trecho de mais de 230 quilômetros da rodovia. As obras em 2017 representam investimentos de R$ 493 milhões. Somente até 2016, o investimento total da concessão foi de R$ 2,6 bilhões, com outros R$ 1,1 bilhão a serem investidos até o fim do contrato, em 2021.

Entre os serviços em execução, as obras em Imbaú e Ortigueira encontram-se em estágio mais avançado. Nos dois municípios estão sendo construídas trincheiras e viadutos para melhorar os acessos ao perímetro urbano das cidades.

Em Imbaú, quem passa pelo local pode observar os últimos serviços na concretagem do viaduto. Já em Ortigueira, toda parte estrutural da trincheira está pronta e na parte superior a pavimentação foi concluída. Os maquinários agora estão deslocados na parte inferior, executando os serviços de pavimentação. Em ambos os trechos, a rodovia é sinalizada por fiscais na pista, cones e placas de orientação aos motoristas.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização