X
aRede aRede
(X)
Publicidade

especiais-eleicoes2018

Foto: Foto: Cristiano Barbosa
Stiven de Souza | especiais-eleicoes2018 | 28/10/2017 as 09:13h

PSDB pode lançar João Carlos como deputado estadual

Na Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior desde 2013, João Carlos Gomes é um dos principais nomes do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) nos Campos Gerais para as eleições de 2018. Em entrevista ao Jornal da Manhã e portal aRede. João Carlos diz que Ponta Grossa e região precisa ampliar o número de deputados na Assembleia Legislativa do Paraná e se coloca à disposição para concorrer a uma das vagas em 2018. João Carlos comenta, ainda, o cenário político atual e afirma que eleitores devem votar em candidatos que tenham preparo técnico e emocional para enfrentar a crise.

Jornal da Manhã: O senhor pretende se candidatar nas eleições de 2018?

João Carlos Gomes: Eu gostaria de ter uma experiência no Legislativo. As minhas três gestões da universidade, como reitor, a própria participação minha na gestão do prefeito Jocelito Canto, como secretário de Educação e depois de Planejamento, e agora estes últimos quatro anos, como secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, tudo isso me fez conhecer a estrutura do Estado, as questões públicas. Então, eu gostaria muito de um dia ter esta oportunidade de, me candidatando a deputado e sendo eleito, trabalhar no Legislativo do Paraná.

JM: O senhor se sente preparado para ser deputado estadual?

João Carlos: Eu entendo que me preparei para isso. Acho que poderia ser uma opção a mais. Nós já temos aqui em Ponta Grossa os deputados Plauto Miró (DEM), o Péricles de Mello (PT) e o Márcio Pauliki (PDT). Cada um tem feito bons trabalhos. Mas a nossa cidade precisa ter mais, para se somar e ter mais representatividade no Poder Legislativo.

Ponta Grossa é uma cidade que tem que ter de três a quatro deputados estaduais para, somando forças, trabalhar em benefícios das cidades da região dos Campos Gerais. O ano que vem vai ser uma no de definição e se, no momento em que tivermos que tomar uma decisão, entendermos que poderemos ser uma boa opção para a população, vamos colocar o nosso nome à disposição.

Mas, é claro que isso ainda vai ser discutido. Hoje, a minha preocupação maior é executar meu trabalho de secretário, atendendo as questões de ciência e tecnologia das universidades. Mas, se num futuro eu tiver esta possibilidade, entender que posso contribuir para a cidade, para a nossa região e para o estado, eu gostaria de ter esta experiência de deputado estadual para me somar aos deputados e trabalhar pela região.

JM: O senhor chegou a discutir uma possível candidatura a deputado estadual dentro do PSDB? Qual a posição do diretório estadual sobre esta possibilidade?

João Carlos: Em todos os partidos, um nome de Ponta Grossa passa a ser um nome interessante para uma candidatura. Não tenha dúvida que, se tomarmos a decisão em sermos candidato, não teremos nenhuma dificuldade em definir esta candidatura com o partido.

JM: Quais seriam as propostas defendidas pelo senhor em um eventual mandato na Assembleia Legislativa do Paraná?

João Carlos: A minha atividade, hoje, está muito ligada ao setor produtivo, à área de ciência e tecnologia, à área de inovação, à área de Educação, áreas que eu trabalho no dia a dia. Sendo candidato e depois eleito, eu terei um foco mais voltado a estas áreas de desenvolvimento.

JM: Em relação ao cenário político nacional, qual é a sua análise? Há solução para as crises que o país enfrenta?

João Carlos: Infelizmente, o momento é bastante desestimulador em um primeiro olhar. As pessoas estão desiludidas com a política, mas não podem continuar assim. Se todo mundo desistir e não participar, nada vai mudar. A mudança se faz com as pessoas, com a política. Quando você não está estimulado pelo que está acontecendo, não há contribuição. Não é só cobrar, tem que participar para melhorar este cenário. A gente entende que as pessoas estejam desestimuladas. Mas um país tem que ser mais forte do que este momento de crise que vivemos. A solução vem somente com a participação, seja com seu voto, seja com sua participação pessoal. As pessoas de bem não podem dizer ‘eu não quero saber disso’, porque se você não quer saber outros vão querer, vão ocupar este espaço ou vão continuar lá. Mas também existem pessoas boas na política hoje. Felizmente, os escândalos de hoje não envolvem a maioria. Existem pessoas boas fazendo política nos municípios, nos estados e no país. Juntos com estas pessoas a gente pode mudar este cenário nacional.

JM: E para o Governo do Estado, quais são os planos do PSDB?

João Carlos: No PSDB, nós teremos o governador Beto Richa como candidato na majoritária a senador. Dentro de um processo natural, como nós temos vários partidos hoje que fazem parte do governo, que somos parceiros, é bem provável que o PSDB tenha o governador Beto Richa como candidato a senador.

Claro que esta definição virá no momento certo. O governo hoje é formado por várias lideranças importantes, como a nossa vice-governadora Cida Borghetti (PROS), o Ratinho Junior (PSD), são pessoas hoje que estão discutindo seus nomes com candidaturas possíveis ao governo. No momento certo, o PSDB tomará a decisão de como será esta coligação.

JM: O senhor tem acompanhado as discussões nacionais do partido? Qual seria o projeto nacional para 2018?

João Carlos: Eu não tenho participado de conversas em nível nacional. Mas o PSDB é um partido muito forte. Nós temos o Geraldo Alckmin, que é um nome forte, já foi candidato, está na terceira gestão do Estado de São Paulo. Na minha opinião pessoal, não em nome do PSDB, eu vejo que o Alckmin seria um bom presidente. Ele está preparado, é uma pessoa que transmite respeito, segurança, tranquilidade e é destas pessoas que nós precisamos. Imagina governar o país, hoje, neste momento de crise? A pessoa tem que estar preparada tecnicamente, politicamente e emocionalmente preparada. Não existe como eleger, para qualquer cargo, uma pessoa sem preparo técnico e inclusive emocional. A pessoa tem que saber respeitar os direitos dos outros, aceitar discutir, aceitar conversar, aceitar o contraditório.

JM: O que o senhor gostaria de destacar para uma eventual pré-candidatura em 2018?

João Carlos: Nós vivemos um momento de dificuldade. Infelizmente, as pessoas, até com certa razão, elas estão em um momento de desesperança. Mas nós não podemos ter esta desesperança. As pessoas tem que participar, como eu disse, seja com o voto ou com a participação pessoal. O Brasil tem jeito. E o Brasil acontece nas cidades. Nós temos que trabalhar nos nossos municípios e estados para melhorar o nosso país. Como eu disse no início, o meu compromisso hoje é como secretário. Mas, se num momento oportuno, um momento adequado de tomar as decisões, eu sentir que eu poderei contribuir para Ponta Grossa, para os Campos Gerais, para o Paraná, eu colocarei meu nome à disposição. Entendo que as funções que já ocupei de reitor e de secretário estadual e municipal, com formação técnica, me possibilitam, sendo eleito, ser um deputado que venha a contribuir com o desenvolvimento da nossa região.


0 compartilhados

Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Munchenfest 16/11/2018 ás 01:23h
Cotidiano 15/11/2018 ás 20:28h
Cotidiano 15/11/2018 ás 19:32h
Galeria de Fotos 15/11/2018 ás 18:38h
Ponta Grossa 15/11/2018 ás 18:27h
Campos Gerais 15/11/2018 ás 17:25h
Campos Gerais 15/11/2018 ás 16:34h
Munchenfest 15/11/2018 ás 15:58h
Cotidiano 15/11/2018 ás 15:29h
Esporte 15/11/2018 ás 14:39h
Ponta Grossa 15/11/2018 ás 14:00h
Dinheiro 15/11/2018 ás 13:04h
Publicidade

VÍDEOS

Ponta Grossa | 14/11/2018 ás 11:19h

Vídeo mostra confusão antes da morte de laçador

Vamos Ler 12/11/2018 ás 18:29h
Vamos Ler 12/11/2018 ás 17:29h
Publicidade

PONTA GROSSA

Ponta Grossa | 15/11/2018 ás 10:56h

Cliente é roubado dentro de agência bancária

Ponta Grossa 15/11/2018 ás 10:26h
Ponta Grossa 15/11/2018 ás 09:30h
Ponta Grossa 15/11/2018 ás 08:45h
Ponta Grossa 15/11/2018 ás 08:10h
Ponta Grossa 15/11/2018 ás 07:46h
Publicidade

COTIDIANO

Cotidiano | 15/11/2018 ás 11:22h

Summit Sebrae terá espaço para networking e negócios

Cotidiano 15/11/2018 ás 09:58h
Cotidiano 14/11/2018 ás 19:53h
Cotidiano 14/11/2018 ás 19:30h
Cotidiano 14/11/2018 ás 17:46h
Cotidiano 14/11/2018 ás 17:00h
Publicidade

CAMPOS GERAIS

Campos Gerais | 14/11/2018 ás 18:40h

Frísia está entre as maiores do Sul do Brasil

Campos Gerais 14/11/2018 ás 18:20h
Campos Gerais 14/11/2018 ás 17:42h
Campos Gerais 14/11/2018 ás 09:34h
Campos Gerais 14/11/2018 ás 09:16h
Campos Gerais 13/11/2018 ás 19:51h
Publicidade

MIX

Mix | 14/11/2018 ás 15:40h

Hamburgueria 13 inaugura novo empreendimento em PG

Mix 14/11/2018 ás 00:17h
Mix 13/11/2018 ás 16:20h
Mix 13/11/2018 ás 14:40h
Mix 13/11/2018 ás 14:00h
Mix 11/11/2018 ás 13:40h
Publicidade

ESPORTE

Esporte | 15/11/2018 ás 09:02h

Paraná perde para o Atlético-MG e amplia jejum na Vila Capanema

Esporte 14/11/2018 ás 21:30h
Esporte 14/11/2018 ás 15:20h
Publicidade

INSANA

Insana | 09/11/2018 ás 11:35h

Idoso procura a Justiça para ficar 20 anos mais novo

Insana 06/11/2018 ás 11:07h
Insana 19/09/2018 ás 13:30h
Insana 28/08/2018 ás 11:07h
Insana 21/08/2018 ás 11:50h
Insana 20/08/2018 ás 11:35h
Publicidade

VAMOS LER

Vamos Ler | 14/11/2018 ás 12:47h

Alunos fazem caça-palavras através do Jornal da Manhã

AGRONEGÓCIO

Agronegócio | 15/11/2018 ás 11:59h

Foco de ferrugem asiática é encontrada em Jaguariaíva

Publicidade

ROMULO CURY

Munchenfest | 16/11/2018 ás 01:23h

Primeiro dia de Münchenfest leva centenas ao Ambiental

BOM DIA ASTRAL

Bom Dia Astral | 15/11/2018 ás 00:52h

Bom Dia Astral: Confira seu horóscopo para esta quinta-feira (15/11)

EMPREGOS

Empregos | 15/11/2018 ás 00:09h

Vagas na agência do Trabalhador para esta segunda-feira (19/11)

Publicidade

MAIS LIDAS

Ponta Grossa | 14/11/2018 ás 11:19h

Vídeo mostra confusão antes da morte de laçador

Campos Gerais 10/11/2018 ás 09:11h
Ponta Grossa 12/11/2018 ás 11:08h
Cotidiano 11/11/2018 ás 15:58h
Ponta Grossa 11/11/2018 ás 16:37h
Publicidade
Publicidade