PF desmonta quadrilha que desviou quase R$ 400 milhões da Caixa

Cotidiano

14 de novembro de 2017 15:22

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Votação do “escola sem partido” é adiada novamente na CCJ

Nota Paraná distribui mais de R$ 810 milhões em prêmios

Supremo manda soltar irmãos Wesley e Joesley

Mulher dá à luz a quadrigêmeos em gestação natural
Instituto CCR abre inscrições para Edital de Projetos Culturais
Cadela retorna para casa depois de desaparecer por 10 anos
Famosa mancha de Júpiter deve sumir em 20 anos
/Imagem: Agência Brasil
PUBLICIDADE

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (14) a operação Backbone, com objetivo de desarticular uma organização criminosa suspeita de desviar recursos públicos da Caixa Econômica Federal por meio de irregularidades em contratos na área de tecnologia da informação (TI), informou a asssessoria de imprensa do órgão.

Cerca de 50 policiais federais cumprem 10 mandados de busca e apreensão em Brasília. Não há mandados de prisão expedidos.

O esquema funcionava, segundo a PF, da seguinte maneira: empresas de TI repassavam valores indevidos a uma empresa de consultoria por meio de contratos de prestação de serviços, em princípio, inexistentes.

A investigação descobriu que parte dos valores recebidos era distribuído pela empresa de consultoria para os demais membros da organização criminosa. Para justificar o aumento no patrimônio, os empregados da Caixa e o sócio administrador da empresa de consultoria realizavam contratos de compra e venda de imóveis, viabilizando assim a lavagem de dinheiro dos recursos obtidos ilicitamente. Teria ocorrido também irregularidades na formalização e fiscalização dos contratos dessas empresas com a Caixa.

PUBLICIDADE
MIX - 21/02/2018 02:14h

Vinícius é morto no presídio

Beth se junta à comemoração de Clara e todos estranham seu comportamento. Adinéia pede para Samuel ...

 
0
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização