Inep muda horários de aplicação do Encceja

Cotidiano

14 de setembro de 2017 08:42

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Senado deve votar hoje mais recursos para a saúde

Chacina deixa quatro mortos no litoral paranaense

Cida Borghetti será homenageada no Congresso

PM carregando bebê no colo troca tiros com ladrões e mata dois
Receita Federal completa 49 anos nesta segunda
Nasa lança satélite meteorológico de nova geração
Elizabeth II e marido comemoram 70 anos de casamento
O Inep explicou que a aplicação da prova será durante o Horário Brasileiro de Verão/Foto: Reprodução/
PUBLICIDADE

A mudança tem como objetivo garantir que todos os candidatos possam acessar os locais de prova com mais comodidade e segurança

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) adiou em uma hora o horário de aplicação do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), que será realizado no dia 22 de outubro. Segundo o Inep, a mudança tem como objetivo garantir que todos os candidatos possam acessar os locais de prova com mais comodidade e segurança.

As provas serão realizadas durante todo o dia. Pela manhã, os portões serão abertos às 8h (horário oficial de Brasília) e fechados às 8h45. A aplicação das provas será das 9h às 13h. No turno vespertino, os portões ficarão abertos das 14h30 às 15h15, e as provas feitas das 15h30 às 20h30. A retificação no edital foi publicada no Diário Oficial da União de ontem (13).

O Inep explicou que a aplicação da prova será durante o Horário Brasileiro de Verão, que estará vigente nos estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Por isso, há casos de cidades que estarão com três horas de diferença do horário de Brasília, como em municípios da Região Norte.

O Encceja Nacional 2017 será aplicado para 1.573.862 pessoas em 564 municípios. O exame é direcionado a jovens e adultos que não tiveram a oportunidade de concluir estudos em idade própria. É necessário ter, no mínimo, 15 anos de idade para quem busca a certificação do ensino fundamental e 18 anos para a do ensino médio.

Informações Agência Brasil

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização