Campanha de vacinação contra a gripe termina na próxima semana

Cotidiano

19 de maio de 2017 18:01

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Secretaria alerta para acidentes com arraias e bagres

Paccar Parts apresenta a promoção 'A Hora é Agora'

Novo BMW X5 M chega ao Brasil no primeiro trimestre

Ambev coleta 6,3 milhões de garrafas retornáveis no PR
Adolescente morre atingido por tiro onde Bope faz operação
Passageiro de caminhão morre após tombamento na BR-277
Cinco pessoas morrem em grave acidente na BR-277
/Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Encerra na próxima sexta-feira (26) a campanha de vacinação contra a gripe no Paraná. A meta do Estado é imunizar 90% do público-alvo, que inclui crianças até 4 anos, gestantes, idosos, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), indígenas, trabalhadores da saúde, professores e portadores de doenças crônicas. Até esta sexta-feira (19), 74% deste público foi vacinado, o que representa a aplicação de 2,2 milhões de doses.“Precisamos conscientizar a população de que a vacinação é fundamental para combatermos a gripe. Os paranaenses que ainda não receberam a dose precisam ir à unidade de saúde mais próxima para garantir sua imunização”, enfatizou o secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto. Puérperas e idosos são os grupos que mais aderiram à campanha, com 86,92% e 84,20% da população imunizada, respectivamente. Em contrapartida, os dois grupos que menos receberam as doses são as crianças (55,22%) e as gestantes (59,02%). “Os grupos priorizados apresentam maior vulnerabilidade com relação à sua saúde e, por isso, precisam se proteger contra a gripe. Devemos dar atenção a todos os grupos, em especial às crianças e gestantes que ainda não atingiram a cobertura ideal de imunização”, salientou o coordenador estadual de Imunização, João Luís Crivellaro.

A campanha de vacinação acontece nos 399 municípios do Estado. A vacina é efetiva contra os três tipos de vírus da gripe mais circulantes: influenza A (H3), influenza A (H1N1) e influenza B. A única contra-indicação é para pessoas que possuem histórico de reações alérgicas ao ovo de galinha e derivados.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização