Governo vai melhorar internet nas escolas estaduais

Cotidiano

19 de abril de 2017 19:30

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Polícia prende homem flagrado em vídeos agredindo a mãe no MA

PR registra mais um recorde de doações de órgãos

Batidas de veículos em postes causam 16 desligamentos por dia no PR

Policiais matam cavalos às margens de BR em Goiás
Feridos em tragédia na BR-277 ganham alta do hospital
Mulher de policial morre em tiroteio no Paraná
IML identifica vítimas de tragédia na BR-277
/Foto: Divulgação Casa Civil Governo do Paraná
PUBLICIDADE

O Governo do Paraná vai melhorar o funcionamento da internet em toda rede estadual de ensino. Detalhes do projeto foram discutidos nesta quarta-feira (19), no Palácio Iguaçu, pelo chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, com diretores e técnicos da Copel e da Fundepar. “Por determinação do governador Beto Richa, queremos tornar a internet mais rápida e eficiente, especialmente nas escolas mais afastadas dos grandes centros. Nosso objetivo é auxiliar os professores dentro e fora das salas de aula e contribuir ainda mais na formação dos nossos alunos”, adiantou Rossoni. 

Projeto

Segundo o diretor-presidente da Copel, Adir Hannouche, o primeiro passo já foi dado com o aumento de transmissão de toda rede de ensino. Isso foi possível com a substituição de equipamentos da Celepar, que permitiram que a capacidade saltasse de 20 bps para 40 bps (bites por segundo). “Isso já tornou a internet mais rápida em toda a rede escolar e trouxe uma melhoria significa no serviço”, disse. Já Maurício Dayan Arbetman, chefe de engenharia de operações da empresa, adianta que o segundo passo será dado no segundo semestre deste ano, quando a meta é investir nas 430 instituições de ensino instaladas distantes dos grandes centros e que ainda dependem de transmissão via satélite. Hoje, a rede de ensino do Estado é formada por 2.100 escolas. “Nestes casos, vamos instalar a fibra ótica da Copel e melhorar as instalações físicas, a chamada rede LAN ou local. Isso vai criar um padrão de excelência nas escolas e contribuir muito com o aumento da qualidade de ensino em todo Estado”, disse. O diretor-presidente da Fundepar, Victor Hugo Dantas, também participou da reunião.

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização