Camisa ensaguentada de pastor é usada para curar fieis

Cotidiano

10 de janeiro de 2017 15:45

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Temer determina envio de força-tarefa combater crime organizado

Donald Trump critica FBI em publicação no Twitter

Moradores ouvem tiros e encontram rapaz morto

Acidente com avião no Irã deixa 66 mortos
Homem agride ex-mulher até a morte e comete suicídio logo em seguida
Número 1 do PCC e comparsa são mortos no Ceará
Construtoras revelam projetos com plantas personalizadas
/Foto: Reprodução/Facebook
PUBLICIDADE

Após tentativa de homicídio durante culto, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus utiliza a camisa que usava na hora do crime para 'operar milagres'.

O líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, pastor Valdemiro Santiago, afirmou ser um “ungido de Deus”. Após ele sofrer tentativa de morte durante um culto, na manhã deste domingo (08), ele teve a camisa toda ensanguentada e a camisa agora se tornou um objeto de milagres. As informações são da revista Veja.

O responsável pelo ataque ao pastor é o ajudante geral Jonathan Gomes Higino, 20 anos, que foi preso em flagrante. O ajudante disse que só deferiu os golpes porque foi insultado por Santiago em um culto no mês de julho. “Vamos crucificar ele”, teria dito o líder da igreja.

O pastor foi socorrido pelos seguranças da igreja e levado ao hospital. Ele levou 25 pontos e foi liberado por volta das 12 horas.

O “poder’ da camisa

Segundo declarações do pastor, a camisa que ele estava usando no momento da agressão, estava toda ensanguentada e os fiéis começaram a pegá-la para que milagres acontecessem. “Através da minha camisa, muitos milagres já foram realizados na igreja”, disse o pastor com grande entusiasmo.

Informações da Banda B.

PUBLICIDADE
MIX - 16/02/2018 02:16h

Alzira denuncia Vinícius

Patrick convence Alzira a denunciar Vinícius. Mariano se culpa por Cleo ter ido trabalhar no bordel...

 
0
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização