Dupla suspeita de matar filho de PM morre em confronto

Cotidiano

05 de janeiro de 2017 14:13

Rodrigo de Souza

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Prêmio de R$ 130 mi deve gerar grande movimento nas lotéricas

Hospital no Haiti recebe nome de Zilda Arns

Senador apresenta projeto para que bancos abram aos sábados

Ministro Fachin diz que não se pode “demonizar a política”
Comunidade e bombeiros se unem para resgatar égua
Estudante de 15 anos é ferida nas costas em assalto
Prévia da inflação para junho é a menor desde 2006
Dois dos suspeitos foram mortos durante troca de tiros em um matagal/Foto: Reprodução/Obemdito
PUBLICIDADE

Guilherme Sela, de 16 anos, foi sequestrado por três criminosos na noite de quarta (04) e torturado até a morte. Confronto com suspeitos nesta quinta (05) resultou em dois mortos.

Dois suspeitos morreram durante uma troca de tiros com a Polícia Militar de Umuarama, no Noroeste do Paraná, durante a manhã desta quinta-feira (05). Eles estariam envolvidos na morte de Guilherme Sela, de 16 anos, filho de um policial militar. O adolescente foi torturado até a morte na noite de quarta-feira (04), após três pessoas invadirem a casa onde ele estava, roubado pertences e levado o adolescente até as proximidades da rodovia PR-323, onde foi morto a facadas.

O crime teria ocorrido no início da noite, mas o corpo só foi localizado às 23 horas. A PM realizou buscas pela região durante toda a madrugada e, no início da manhã, encontrou dois suspeitos em um matagal. Após várias horas de cerco policial, a dupla reagiu a aproximação da PM e acabou morta. Um terceiro suspeito foi detido em outro ponto da cidade, antes da troca de tiros.

O caso chocou os moradores de Umuarama. Segundo a Polícia Militar, o adolescente foi levado a um ponto isolado, perto do trevo de acesso ao município, e acabou morto a facadas. O corpo apresentava sinais de tortura.

O adolescente estava sozinho em casa no momento do crime. O pai, policial militar, atuava em um município da região, enquanto a mãe e o irmão mais passavam férias no litoral catarinense. Os bandidos roubaram ainda um Toyota Corolla prata, da família, mas o abandonaram após um acidente na rodovia PR-323.

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização