Reforma do Museu de Palmeira entra na reta final

Campos Gerais

13 de novembro de 2017 16:00

Stiven de Souza

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Jovem de PG é preso após crimes brutais

Empresas que investem em inovação têm alta na receita

Prefeitos defendem aumento em repasses federais

Três suspeitos de homicídio são presos em Tibagi
Hospital Regional ganha equipamento para tratamento de câncer de mama
Polícia encontra ‘arsenal’ com suspeito de violência doméstica
Homem é morto com tiro na cabeça durante visita à família
/Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

A reforma do Museu de Palmeira está na reta final e a obra, inciada em julho, deve ser entregue ainda neste ano. O Museu está localizado no prédio histórico Solar Conselheiro Jesuíno Marcondes de Oliveira e Sá na Praça Raul Braz de Oliveira.

De acordo com o secretário de Cultura, Patrimônio Histórico e Turismo, Waldir Joanassi Filho, a reforma vai além da estrutura física da edificação. “Vemos isso como uma nova etapa para o museu de Palmeira, após revitalizado o público terá acesso a novas áreas da construção que antes eram fechadas. Os dois pavimentos inferiores e o local onde antigamente funcionou uma senzala poderão ser acessados por ligação interna”, relatou.

Ainda segundo Joanassi, nesta nova etapa o museu terá salas temáticas com questões inerentes à região dos Campos Gerais. “Teremos salas temáticas contextualizando a Colônia Cecília, o tropeirismo, etnias indígenas e africanas, tudo com o acervo já existente. Além disso, iniciaremos um trabalho de busca e retomada de acervos que pertencem ao município mas que atualmente se encontram em locais impróprios”, comentou.

As obras realizadas no imóvel se aplicaram à estrutura da cobertura, com a substituição de peças degradadas substituídas. As telhas também passaram por revisão e foram substituídas, evitando desta forma a infiltração de água no forro. O beiral e forro foram importantes pontos da reforma. Grande parte das peças estava inutilizável e foi substituída. Todas as mudanças foram feitas buscando manter as características originais do espaço.

Para o prefeito de Palmeira, Edir Havrechaki, a reforma é uma conquista grandiosa para todos os munícipes e turistas. “Esta obra é o resultado do trabalho de uma administração comprometida com a história e preservação da cidade, seja no patrimônio material ou no imaterial. O museu é um ponto cultural muito importante para nossa cidade e com essa reforma de recuperação teremos mais espaço turístico para todos. Para mim, é motivo de felicidade ver este trabalho se concretizando, afinal esta foi uma das propostas do nosso plano de governo. A população aprovou nosso projeto e nós o estamos concluindo já no primeiro ano de mandato”, destacou.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização