Moradores encontram corpo em propriedade rural

Campos Gerais

12 de setembro de 2017 09:49

Gabriel Sartini

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Tigabi recebe investimento de R$ 585 mil em moradias

Pauliki comemora projeto que reduz preço de remédios

Carambeí vai construir 154 casas através do ‘Morar Bem’

PM detém suspeitos de praticar série de assaltos
BRDE e Sebrae liberam R$ 92 mi a empresários
Blum assina ordem de serviço para construção de 154 casas
Gangue da marcha ré invade loja em Jaguariaíva
Corpo foi encaminhado ao IML de Ponta Grossa e ainda não foi identificado/Arquivo aRede
PUBLICIDADE

Parte do corpo estava carbonizada e devorada por animais; homem foi morto com facada no abdômen e ainda não há suspeitos

A Polícia Civil de Tibagi (região dos Campos Gerais) trabalha desde a madrugada de segunda-feira (11) para tentar elucidar um crime com requintes de crueldade registrado na localidade de Faxinal dos Empossados, no distrito de Caetano Mendes. Um homem foi encontrado morto com uma facada e parte do corpo carbonizado em uma propriedade rural da região.

Conforme relato da Polícia Militar, o responsável pela fazenda disse que um de seus funcionários foi encontrado já sem vida no local. Ele tinha um ferimento no abdômen, possivelmente causado por algum tipo de arma branca, e tinha parte do corpo carbonizada. Ainda segundo relato da PM, partes do cadáver já tinham sido devoradas por animais.

A área foi isolada até a chegada do Instituto de Criminalística e do Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa para levantar informações sobre o local e também para recolher o corpo, que até o momento não foi identificado oficialmente pelo órgão. Ainda não há informações sobre suspeitos ou motivação para o crime.

PUBLICIDADE
MIX - 21/02/2018 02:14h

Vinícius é morto no presídio

Beth se junta à comemoração de Clara e todos estranham seu comportamento. Adinéia pede para Samuel ...

 
0
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização