Região concentra 35% das multas por excesso de velocidade | A Rede - Aconteceu. Tá na aRede!
Região concentra 35% das multas por excesso de velocidade

Campos Gerais

11 de setembro de 2017 10:31

Gabriel Sartini

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Turista é encontrado ferido em mirante do Cânion Guartelá

Aliel participa de entrega de patrulha agrícola em Palmas

Filhote de onça parda é achada ferida em Castro

Motorista tem ferimentos graves após acidente na PR-151
PRF apreende R$ 3 milhões em cigarros contrabandeados
Filme premiado sobre o Canyon Guartelá tem mostra em Tibagi
Garoto de 13 anos morre atropelado por caminhão
Em cinco dias de operação, mais de 2,1 mil motoristas foram flagrados acima do limite de velocidade/Divulgação/PRF
PUBLICIDADE

Reforço do policiamento nas rodovias federais que cortam os Campos Gerais gerou mais de 2,1 mil multas por excesso de velocidade

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou o balanço dos cinco dias da Operação Independência, que aconteceu entre os dias 6 e 10 de setembro com o reforço do policiamento nas rodovias federais de todo o país. Novamente, os 736 quilômetros de rodovias federais que passam pela região dos Campos Gerais concentraram a maior parte das autuações por excesso de velocidade e ultrapassagens irregulares de todo o Paraná.

Conforme os dados divulgados pela PRF, em todos os dias da Operação houve a fiscalização com radares nas rodovias, sendo que 2.133 veículos foram flagrados acima do limite de velocidade. O número corresponde a 35% do total registrado em todo o Estado. No mesmo período, foram 240 motoristas autuados por ultrapassagem indevida (29% do total no Paraná), além de 27 multas pelo mau uso do cinto de segurança.

Os condutores que foram flagrados acima do limite máximo de velocidade permitido receberão uma multa que pode variar de R$ 130,16 a R$ 880,41, dependendo do excesso de velocidade constatado. Nos casos mais graves, além da multa o condutor ainda terá o seu direito de dirigir suspenso pelo período de dois a oito meses.

Álcool e direção

Durante os cinco dias de operação, a PRF abordou 524 motoristas que foram submetidos ao teste do bafômetro. Desse total, apenas nove haviam ingerido bebidas alcoólicas antes de dirigir e, deste total, cinco foram presos por apresentar teor alcoólico acima de 0,3 miligramas por litro de ar expelido pelos pulmões.

Segundo a PRF, a embriaguez ao volante esteve presente em grande parte dos acidentes graves na região e é um dos focos de fiscalização, principalmente nas áreas urbanas das rodovias federais. Os condutores que foram flagrados dirigindo sob influência de álcool receberão uma multa no valor de R$ 2.934,70, além de terem seu direito de dirigir suspenso pelo prazo de um ano. Os condutores que foram presos, além da multa e da suspensão do direito de dirigir, ainda responderão um processo criminal podendo ser condenados à pena de reclusão de seis meses a três anos.

Acidentes

O número de acidentes caiu na comparação com o feriado de Corpus Christi deste ano, que também caiu em uma quinta-feira (no ano passado, o Dia da Independência caiu em uma quarta-feira). Agora, foram 17 acidentes, com 22 pessoas feridas e duas mortes. No feriado prolongado anterior, foram 22 acidentes que resultaram em 15 feridos e uma morte.

O único acidente com vítimas fatais aconteceu no fim da noite de sábado (9) na região de Rio Azul. Um Gol e um Fiesta bateram de frente na BR-153, causando a morte de duas pessoas e deixando outras duas com ferimentos graves.

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização