aRede aRede aRede
aRede
Hackathon estimula criação de soluções para a cadeia do leite

Campos Gerais

17 de julho de 2017 14:39

Fernando Rogala

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Pastor acusado de estuprar filha está foragido

Vice-prefeito de Japira atropela pedestre na BR-376

Acidente na BR-376 deixa três mortos em Ortigueira

Palmeira recebe aval do Tesouro Nacional para operações de crédito
Polícia prende suspeito de atear fogo em centro de evento
Polícia investiga arrombamento de cemitério na região
Carro roubado há quatro anos é recuperado na região
/
PUBLICIDADE

Ponta Grossa sedia de 4 a 6 de agosto o Hackathon Agroleite, maratona para o desenvolvimento de soluções criativas e tecnológicas para a cadeia produtiva do leite. A iniciativa é uma realização do Sebrae/PR e Castrolanda, com apoio do Senai, IBM e NET Claro e patrocínio da Alegra Foods. O pré-evento acontece nesta segunda-feira (17) e será online, a partir das 19h30, com a participação do coordenador da Milk Point, Marcelo Pereira de Carvalho, que vai abordar o tema “O que é uma cadeia produtiva do leite e quais são seus principais desafios”.

A ideia com a Live, conforme a consultora do Sebrae/PR, Thaise Amaral Orita, é permitir a interação online e sanar dúvidas dos interessados em participar da maratona por meio do canal do evento no facebook. O Hackathon Agroleite, que será realizado no Senai de Ponta Grosa, contará com mentorias, apresentações e discussões com especialistas. As soluções que serão criadas durante a maratona devem aumentar o nível de gestão econômica, financeira e técnica das propriedades, melhorar o acesso às informações e capacitação dos produtores, garantir qualidade do leite desde a ordenha até a mesa do consumidor e promover a sustentabilidade da cadeia.

Podem participar do Hackathon Agroleite profissionais com conhecimento técnico que contribuam com a solução dos desafios, com idade mínima de 18 anos de idade. As inscrições podem ser feitas até o dia 26 de julho no endereço www.agroleitecastrolanda.com.br/hackathon.  É permitido até cinco integrantes por equipe. As vagas estão limitadas a 60 participantes distribuídos entre negócio ou profissionais da cadeia do leite (12 vagas), designers (12 vagas) e desenvolvedores (36 vagas). Haverá premiações em dinheiro para o três primeiros colocados, além de consultorias pelo Sebrae/PR.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização