Hackathon estimula criação de soluções para a cadeia do leite

Campos Gerais

17 de julho de 2017 14:39

Fernando Rogala

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Detonação de rochas em Imbaú vai bloquear BR-376

Fenovinos elege cidade-sede da próxima edição

Ex- prefeito de Irati é condenado por improbidade administrativa

Serviço da Sanepar pode deixar Castro sem água no domingo
Idoso é encontrado morto com ferimentos e intriga polícia
Comerciantes de Castro ficam em alerta com onda de roubos
Suspeito de latrocínio em ferro velho é preso
/
PUBLICIDADE

Ponta Grossa sedia de 4 a 6 de agosto o Hackathon Agroleite, maratona para o desenvolvimento de soluções criativas e tecnológicas para a cadeia produtiva do leite. A iniciativa é uma realização do Sebrae/PR e Castrolanda, com apoio do Senai, IBM e NET Claro e patrocínio da Alegra Foods. O pré-evento acontece nesta segunda-feira (17) e será online, a partir das 19h30, com a participação do coordenador da Milk Point, Marcelo Pereira de Carvalho, que vai abordar o tema “O que é uma cadeia produtiva do leite e quais são seus principais desafios”.

A ideia com a Live, conforme a consultora do Sebrae/PR, Thaise Amaral Orita, é permitir a interação online e sanar dúvidas dos interessados em participar da maratona por meio do canal do evento no facebook. O Hackathon Agroleite, que será realizado no Senai de Ponta Grosa, contará com mentorias, apresentações e discussões com especialistas. As soluções que serão criadas durante a maratona devem aumentar o nível de gestão econômica, financeira e técnica das propriedades, melhorar o acesso às informações e capacitação dos produtores, garantir qualidade do leite desde a ordenha até a mesa do consumidor e promover a sustentabilidade da cadeia.

Podem participar do Hackathon Agroleite profissionais com conhecimento técnico que contribuam com a solução dos desafios, com idade mínima de 18 anos de idade. As inscrições podem ser feitas até o dia 26 de julho no endereço www.agroleitecastrolanda.com.br/hackathon.  É permitido até cinco integrantes por equipe. As vagas estão limitadas a 60 participantes distribuídos entre negócio ou profissionais da cadeia do leite (12 vagas), designers (12 vagas) e desenvolvedores (36 vagas). Haverá premiações em dinheiro para o três primeiros colocados, além de consultorias pelo Sebrae/PR.

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização