Sicredi disponibiliza R$ 14,8 bilhões para o Plano Safra

Agronegócio

30 de junho de 2017 16:40

Fernando Rogala

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Show Tecnológico tem início nesta quarta em PG

Brandt irá expor case de sucesso de produtividade no Show Tecnológico

Soluções tecnológicas são destaque da Arysta no Show Tecnológico

Paraná deve gerar R$ 63 bi em riquezas no agronegócio
Caixa apresenta custeio da safra com taxas promocionais
​Sementes Batavo estará presente no Show Tecnológico
Agricultores do PR querem prorrogação no plantio
/
PUBLICIDADE

O Sicredi – instituição financeira cooperativa com mais de 3,5 milhões de associados e atuação em 20 estados brasileiros – continua contribuindo de forma sólida para o crescimento e incentivo ao agronegócio. Para o próximo ciclo do Plano Safra (2017/2018), que começa em julho, o Sicredi vai disponibilizar mais de R$ 14,8 bilhões em crédito rural, projetando atingir mais de 195 mil operações, entre custeio, comercialização e investimento.

Nos estados do Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro a liberação será de R$ 4,42 bilhões, valor 34% superior ao que foi oferecido na safra passada. Estes recursos atenderão aos produtores rurais enquadrados no Pronaf, Pronamp e demais, nas linhas de custeio agropecuário e investimentos direcionados. Na opinião de Gilson Farias, gerente de desenvolvimento de Crédito da Central Sicredi PR/SP/RJ, o crescimento constante de recursos mostra a relevância da instituição para o produtor brasileiro. “Mais do que recursos, nós trabalhamos juntos aos agricultores, entendemos a demanda e oferecemos crédito consciente e responsável para alavancar o seu crescimento. Consequentemente, isso gera desenvolvimento em toda a região e também para o Sicredi”, explica.

Focado em apoiar os seus associados por meio de produtos e serviços adequados às suas necessidades, o Sicredi busca disponibilizar crédito consciente. Antes de solicitar o recurso, é importante que o produtor faça o planejamento técnico da safra, podendo contar a consultoria da sua cooperativa para identificar a linha de crédito mais apropriada. Ao optar por tomar o recurso na instituição financeira cooperativa, o associado está contribuindo para o crescimento do seu negócio, da sua cooperativa, e para o desenvolvimento local.  

Ciclo 2016/2017 - No atual ano-safra (dados apurados até maio de 2017), foram liberados R$ 11,3 bilhões pelo Sicredi, em aproximadamente 164 mil operações, 41% a mais do que na safra passada (2015/2016).  A expectativa para o fechamento deste ano-safra (que encerra em junho deste ano) é liberar R$ 10,4 bilhões em operações de custeio, comercialização e investimento, e R$ 1,7 bilhão com recursos oriundos do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social) e do FCO (Fundo Constitucional do Centro Oeste).

De acordo com Gilson Nogueira, em comparação com a safra anterior, os produtores do Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro demandaram 36 % a mais de recursos, chegando a R$ 3,8 bilhões. “Mesmo em meio à crise econômica, o agronegócio continua crescendo e alcançando bons resultados, especialmente os produtores ligados a instituições financeiras cooperativas, como o Sicredi”, analisa.

Os pequenos e médios produtores rurais continuam sendo o principal foco atendido pela instituição financeira cooperativa, no ciclo 2016/2017, 67% das operações realizadas foram direcionados a estes públicos.

PUBLICIDADE
MIX - 21/02/2018 02:14h

Vinícius é morto no presídio

Beth se junta à comemoração de Clara e todos estranham seu comportamento. Adinéia pede para Samuel ...

 
0
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização