Previs?o do tempo
   
Plano de metas cooperativista é entregue na Ocepar

Agronegócio

10 de abril de 2017 15:15

Fernando Rogala

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Raça bovina 100% paranaense ganha reconhecimento federal

Castrolanda é representada em evento internacional

Raça Purunã será reconhecida amanhã pelo Mapa

Campeão em produtividade alcança 132 sc/ha no trigo
Paraná tem melhor produtividade de soja no mundo
Resultados de gestão de propriedades serão revelados na Expofrísia
Conab negocia subvenção para escoamento de trigo do Paraná
/
PUBLICIDADE

Foi realizada, na manhã desta segunda-feira (10/04), em Curitiba, a entrega oficial do Plano de Metas 2017 do Sistema Ocepar ao presidente da organização, José Roberto Ricken. O documento contém as atividades planejadas por todos os funcionários da entidade para serem executadas ao longo do ano. De acordo com Ricken, o plano foi submetido à apreciação dos diretores da entidade e da Assembleia Geral Ordinária (AGO), ocorrida na última segunda-feira (03/04).

“Agora, temos que executar o que foi aprovado na AGO”, salientou o presidente. Ele destacou ainda que a primeira tarefa a ser cumprida é uma análise da situação das cooperativas. “É importante estarmos atentos às necessidades das cooperativas para prestarmos o melhor serviço para elas. Nesse sentido, também estaremos realizando a primeira rodada dos Encontros de Núcleos Cooperativos deste ano, entre os dias 15 e 18 de maio, para levantar as demandas das nossas filiadas”.

O presidente afirmou que um dos diferenciais do setor cooperativista paranaense encontra-se no planejamento das ações. “Nós temos um rumo a seguir e o PRC 100 (Plano Paraná Cooperativo 100) é a prova disso”, frisou. Ricken lembrou também que, a partir deste ano, está sendo implantado na entidade o sistema de gestão estratégica orientada por resultados (Geor), com apoio do Sebrae/PR. “O objetivo é premiar o resultado efetivo apresentado pelos colaboradores”.

Na reunião desta segunda-feira, os superintendentes da Ocepar, Robson Mafioletti, do Sescoop/PR, Leonardo Boesche, e da Fecoopar, Nelson Costa, repassaram aos funcionários as informações sobre a nova forma de organização das três entidades que formam o Sistema Ocepar. “As mudanças no organograma ocorreram principalmente em relação às gerências, que deverão ter uma atuação integrada e de articulação. Já os coordenadores terão uma ação mais técnica”, explicou Ricken. Ele ressaltou ainda a função do setor de planejamento e controle, que deverá dar respaldo a todas as demais áreas da entidade no cumprimento dos objetivos traçados no Plano de Metas. “Essa será uma das prioridades”, frisou. 

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização