Outono começa com tempo instável e temperaturas amenas

Agronegócio

18 de março de 2017 10:20

Fernando Rogala

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Carambeí sedia o evento 'Prosolo' nesta terça-feira

Produtores da região reduzem a área plantada de trigo

Defesa de Temer faz 15 questionamentos

Brandt investe no potencial agropecuário do Brasil
Concessionárias devem gerar mais de R$ 100 mi em negócios em PG
Capal lança nova linha de suplemento para bovinos
Ribas Netto mantém presidência do Sindicato Rural
/
PUBLICIDADE

O outono começa oficialmente à 7h29 do dia 20 de março (segunda-feira) e vai até a 1h24 do dia 21 de junho. Segundo a previsão climática do Simepar (Sistema Meteorológico do Paraná), a estação tende a apresentar chuvas ligeiramente acima do normal no Oeste, em parte do Sudoeste e do Centro em direção ao Norte. Pode chover abaixo da média no Centro, Norte e extremo Oeste. 

"Essas probabilidades são pouco representativas", afirma o meteorologista Cezar Duquia. Segundo ele, de modo geral os valores de chuvas previstos orbitam em torno da condição normal. As temperaturas tendem a permanecer dentro das médias históricas, mesclando dias quentes e frios com diferenças entre as regiões. 

A estação entra com tempo instável e as temperaturas variando de 12ºC a 28ºC. Em Curitiba e Região Metropolitana, tendem a ficar entre 12ºC e 24ºC com nebulosidade. No Litoral, entre 20ºC e 27ºC com chuviscos. No Norte, entre 15ºC e 27ºC com nebulosidade variável. O Oeste terá entre 16ºC e 28ºC com poucas nuvens, e o Sul, entre 13ºC e 25ºC com tempo nublado. 

Devido ao relevo e à posição geográfica do Paraná, historicamente o outono apresenta redução das chuvas e variações bruscas das temperaturas. Este ano a maioria dos modelos meteorológicos projeta El Niño Oscilação Sul (ENOS) neutro até o início do inverno com 75% de probabilidade. Este fenômeno climático é aguardado para o segundo semestre deste ano. Ele altera drasticamente as Temperaturas da Superfície do Mar (TSM) no Oceano Pacífico Equatorial, podendo afetar o comportamento do clima em diferentes partes do planeta. 

"É esperado que as culturas do milho safrinha e do trigo se desenvolvam normalmente durante o outono no Paraná, pois a previsão climática é de chuvas e temperaturas dentro da normal climatológica para todas as regiões do estado", afirma Heverly Morais, pesquisadora do Iapar (Instituto Agronômico do Paraná). 

Em maio, com as incursões das massas polares no Paraná, inicia-se o risco de geadas. Dependendo da intensidade e época de ocorrência, pode haver danos às culturas, principalmente ao milho safrinha. "A cultura do café também é suscetível à geada e requer medidas de proteção dos viveiros de café e lavouras cafeeiras recém-plantadas", afirma a pesquisadora. 

O Simepar e o Iapar mantêm o serviço Alerta Geada, especialmente desenvolvido para orientar agricultores durante o outono e o inverno. Boletins diários serão publicados nas páginas dos órgãos - www.simepar.br e www.iapar.br. Quando há risco, os agricultores cadastrados recebem mensagens de alerta em seus celulares. 

A palavra outono tem origem latina e significa época propícia para as colheitas. Suas principais características são queda das folhas das árvores em nuances amarelas e vermelhas, o tom acinzentado do céu, o abrandamento das temperaturas, as noites que começam mais cedo e os frutos amadurecidos que caem sobre a terra. Nas artes, a estação está associada a nostalgia, melancolia e introspecção.


Informações da AEN

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização