Abates de frangos e suínos batem recorde no Brasil

Agronegócio

15 de março de 2017 10:22

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Produção pecuária será tecnificada para ampliar a rentabilidade

Região produz R$ 11 bilhões em riquezas no campo

PR adota vazio sanitário para evitar ferrugem asiática

Região tem três municípios entre os maiores produtores de trigo do país
Frísia apresenta opções de semente de milho para a safrinha no Tocantins
Censo Agropecuário será lançado nesta segunda em Curitiba
Frísia debate perspectivas para o segundo semestre com cooperados
Houve um aumento de 1,1% em relação a 2015 / Imagem: Agência Brasil /
PUBLICIDADE

Em 2016 foram abatidos 5,86 bilhões de frangos e 42,32 milhões de suínos

O ano de 2016 fechou com recordes nos abates de frangos e suínos e também na produção de ovos. Os dados foram divulgados hoje (15), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No ano passado, foram abatidos 5,86 bilhões de frangos, um aumento de 1,1% em relação a 2015 e o maior valor desde o início da série histórica, iniciada em 1997.

Em relação aos suínos, houve 42,32 milhões de animais abatidos, um aumento de 7,8% em relação a 2015, também o maior valor desde 1997. A atividade tem apresentado crescimentos anuais ininterruptos desde 2005.

Outra atividade com recorde em 2016 foi a produção de ovos. No ano passado, foram produzidos 3,1 bilhões de dúzias, ou seja, 5,8% a mais do que em 2015. É o maior valor desde que o IBGE começou a acompanhar a atividade, em 1987.

Bovinos têm queda

Por outro lado, o abate de bovinos teve uma queda 3,2% em relação a 2015, com 29,67 milhões de abates em 2016. Essa foi a terceira queda anual consecutiva do abate de bovinos, de acordo com o IBGE.

A aquisição de leite pelas indústrias processadoras também caiu (3,7%) em relação a 2015, com uma captação de 23,17 bilhões de litros por estabelecimentos de laticínios sob algum tipo de inspeção sanitária. Essa foi a segunda queda anual consecutiva da atividade.

Informações da Agência Brasil

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização