Teatro valoriza as mães na Escola Dolores Galvão

Vamos Ler

18 de maio de 2017 20:19

Dhiego Tchmolo

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Paz é tema de produção textual em Jaguariaíva

Ponta-grossenses começam preparação para Prova Brasil

Linha do Tempo destaca férias escolares dos alunos

Galeria: Santa Terezinha se prepara para o JOEM
Cartazes e textos refletem sobre a paz em Jaguariaíva
Jogos desenvolvem habilidades de alunos em Imbituva
Pinturas rupestres ligam alunos a pré-história
PUBLICIDADE

Além de músicas e poemas, encenação dos estudantes mostrou a importância materna em Imbituva.

O Dia das Mães na Escola Rural Municipal Professora Dolores Mendes Galvão contou com diversas atividades. Entre elas, destacam-se uma produção musical, que você pode conferir nesta reportagem, e teatro. Os trabalhos também ficaram por conta de poemas que os alunos escreveram para suas mães, exaltando as qualidades daquelas que deram a vida para os estudantes que prestaram a homenagem.

No vídeo acima, você pode conferir o teatro que mostra os alunos ressaltando a importância das mães, interpretado em sala de aula. Abaixo, você confere mais dois poemas elaborados pelos estudantes para a data comemorada no último domingo (14). Para acessar todo o conteúdo produzido pelas crianças da Escola Rural Municipal Professora Dolores Mendes Galvão, acesse o blog escolar da instituição de ensino.


Mamãe (autora Maiara)

Mamãe você sempre está presente

Até emociona a gente

Mamãe você sempre deixa a gente emocionada

Abraça-me e me deixa encantada.

Mamãe você é tão delicada

Mas às vezes fica estressada.

Mamãe você é tão exemplar

E cuida tão bem do nosso lar.

Mamãe você é tão formosa

E ao mesmo tempo tão amorosa.

Mamãe você me dá tanto amor

Que às vezes me dá calor.

Mamãe você é mais linda que uma flor

E merece o título de Mãe com louvor.


Mãe amorosa (autor Wagner)

Mãe a senhora é tão amorosa

Que eu te daria uma rosa

Mãe você tem tanta felicidade

Que quando estou longe sinto saudade.

Mãe você é tão delicada

Mas é tão dedicada.

Quando eu era pequeno você cuidava de mim

E por isso sou feliz assim.

Mãe eu te peço perdão

Pelas vezes que eu fui um chorão.

Mãe você e tão trabalhadora

E tão protetora.

Quando corro perigo

Você está sempre comigo.

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização