Homem é preso suspeito de série de assaltos a farmácias em Uvaranas

Ponta Grossa

12 de agosto de 2017 08:40

Afonso Verner

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

‘Escola 1.000’ atinge apenas 34% da meta

Gasolina tem alta de R$ 0,29 em PG após reajuste

Elizabeth e secretários debatem reforma política em Curitiba

Zampieri lamenta arquivamento de proposta para a saúde
ACIPG conquista vitória judicial frente à cobrança de impostos
Procon de PG autua dois postos de combustíveis
Prestes reúne corretores para lançar novo empreendimento
PUBLICIDADE

Um homem foi preso com uma motocicleta roubada no Parque dos Sabiás, na região de Uvaranas, durante a noite desta sexta-feira (11). Segundo as primeiras informações, o rapaz é suspeito de uma série de assaltos à farmácias no bairro e teria sido identificado em imagens de câmeras de segurança.

Durante a abordagem, os policiais constataram apenas que a motocicleta pilotada pelo suspeito era roubada e o encaminharam para a 13ª Subdivisão Policial de Ponta Grossa (13ª SDP). Já na delegacia, os PMs souberam que o jovem detido era suspeito de realizar uma série de assaltos.

Com o rapaz, foi localizado uma certa quantia em dinheiro (o valor não foi exatificado até o momento). O homem foi preso vestindo uma jaqueta idêntica àquela que aparece nas imagens das câmeras de segurança e usando um capacete semelhante ao flagrado nos vídeos que a polícia possuía.

O jovem foi autuado por receptação de veículo roubado e um inquérito policial foi instaurado para apurar a participação dele nos assaltos. O nome e a idade do rapaz não foram divulgadas pelas autoridades. 

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização