Nucria investiga favorecimento a prostituição em PG

Ponta Grossa

17 de maio de 2017 20:00

Daniel Petroski

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Polícia apreende mais de 1 milhão de carteiras de cigarro

Moradora do Centro é surpreendida por ladrões em casa

GM intensifica ações no Quadrilátero Histórico

Homem é agredido com barra de ferro em briga familiar
Rapaz é detido por populares após ‘cavalo louco’ em PG
Milionário e Marciano fazem show histórico nesta sexta
Ladrão invade comércio pelo telhado e acaba preso em PG
/Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

O Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria) de Ponta Grossa está investigando a conduta de um homem de 50 anos de idade que vem se utilizando da internet para o favorecimento a prostituição de menores no município. Em sua foto de perfil ele aparece sem camisa. Segundo a delegada responsável pelo setor, Ana Paula Cunha Carvalho, um inquérito já foi instaurado.

O homem utiliza principalmente os bate-papos disponíveis em algumas redes sociais. Até mesmo sem fazer parte do grupo de amigos, ele envia mensagens. E o conteúdo é o mesmo para diferentes casos. A frase “Adorei você princesa linda” abre o texto. Na sequência ele oferece R$ 70 por um passeio. O homem finaliza dizendo “Tá afim, fale pra mim”. As mensagens são enviadas sempre durante a madrugada.

Ana Paula revela que uma adolescente já procurou o Nucria para denunciar o caso. “Eu peço que outras vítimas - crianças e adolescentes - que tenham recebido a mesma mensagem acionem a Polícia”, orientou.

A delegada reforça que os pais são peças fundamentais para que abordagens como essa na internet não evoluam para casos concretos. “Os responsáveis devem ter acesso a senhas e acompanhar a trocar de mensagens. Precisam reduzir o tempo de permanência de crianças e adolescente no ambiente virtual, principalmente se estiverem sozinhas. O histórico do computador também deve ser checado”, detalha. Outra dica importante da delegada é que o acesso à internet durante a madrugada seja restrito ou negado. “Os pedófilos agem, na grande maioria, nestes horários. Eles sabem que as vítimas estão sozinhas, o que facilita o convencimento”, alerta.

Além das menores de idade, o homem vem ampliando sua rede de abordagem. Também pelas redes sociais, uma mulher de 38 anos de idade afirmou ter recebido uma mensagem semelhante nos últimos dias.

Dia Nacional

É lembrado nesta quinta-feira (18) o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A data será marcada por atividades de prevenção e alerta sobre o tema em municípios de todo Paraná. São palestras educativas, seminários e fóruns, distribuição de material informativo, peças teatrais e abordagem nas escolas e vias públicas. Para denunciar qualquer situação ou suspeita desse tipo de crime, basta ligar para o número 181 - Disque-Denúncia. A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer município do Estado. O atendimento funciona 24 horas, todos os dias da semana, com garantia de sigilo das informações e de quem faz a denúncia.

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização