Incubadora PR Criativo realiza atividades em PG

Ponta Grossa

25 de junho de 2016 20:33

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

‘Escola 1.000’ atinge apenas 34% da meta

Gasolina tem alta de R$ 0,29 em PG após reajuste

Elizabeth e secretários debatem reforma política em Curitiba

Zampieri lamenta arquivamento de proposta para a saúde
ACIPG conquista vitória judicial frente à cobrança de impostos
Procon de PG autua dois postos de combustíveis
Prestes reúne corretores para lançar novo empreendimento
/Foto: Divulgação/AEN
PUBLICIDADE

V Encontro de Economia Criativa do Paraná aconteceu na quinta-feira (23) no município.

A Incubadora Paraná Criativo da Secretaria de Estado da Cultura promoveu nesta quinta-feira (23), em Ponta Grossa, o V Encontro de Economia Criativa do Paraná. O evento é promovido em diferentes regiões do Estado com o objetivo fomentar o empreendedorismo criativo como uma nova forma de desenvolvimento econômico.

O secretário de Estado da Cultura, João Luiz Fiani, acredita que a criatividade hoje é fundamental para o desenvolvimento de tendências e negócios. “O mundo vive uma transformação muito grande e a gente tem que acompanhar esse processo. A Incubadora Paraná Criativo vem exatamente dentro desse contexto, de fomentar o trabalho criativo, porque a saída para que esses novos profissionais tenham espaço dentro da comunidade é buscar outra forma de atuação”, conta.

Os Encontros de Economia Criativa trazem sempre especialistas capacitados para falar sobre a realidade do País, além de promover bate-papos com profissionais da cidade que já trabalham com os conceitos de cultura como negócio.

Uma das palestrantes em Ponta Grossa foi a especialista em economia criativa Ana Carla Fonseca, que desmistificou a má fama da cultura como um sorvedouro de recursos. Ana defende o contrário: a cultura como geradora de recursos.

“Se você imaginar um exemplo muito simples, como uma representação teatral, o que você precisa para o figurino, para a ambientação, serviços de comunicação, de bilheteria, de maquiagem, é um manancial de produtos e serviços não culturais que são demandados pelos setores culturais. Então, você inverte a lógica de achar que a cultura sempre está com o pires na mão e começa a perceber que, na verdade, além de tudo que a cultura já gera, ela também é uma geradora de emprego e renda”, disse Ana Carla.

Além dos Encontros que abordam o tema da Economia Criativa de forma mais ampla, a Incubadora Paraná Criativo promove uma série de oficinas de capacitação direcionadas para empreendedores, desde o auxílio na criação de um plano de negócios até formas de apresentação de ideias para investidores, além de outros assuntos práticos para quem deseja abrir seu próprio negócio ou melhorar a gestão de um já existente.

Em julho, já estão previstas oficinas em Ponta Grossa (dias 6, 7 e 8), Jacarezinho (13, 14 e 15), Paranavaí (20, 21 e 22) e Umuarama (27, 28 e 29). As inscrições são gratuitas. Mais informações em www.cultura.pr.gov.br.

INCUBADORA - A Incubadora Paraná Criativo é um programa de promoção ao desenvolvimento sustentável a partir da Economia Criativa. É fruto de parceria entre a Secretaria de Estado da Cultura do Paraná e o Ministério da Cultura.

Informações da Agência Estadual de Notícias (AEN).

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização