Paciente psiquiátrico furta ambulância e dirige a 170 km/h

Insana

11 de janeiro de 2017 14:04

Rodrigo de Souza

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Bolo de 106 anos é encontrado na Antártida em ótimo estado

Família interrompe velório após achar que morto estava vivo

Rejeitado até na igreja, homem é velado em praça pública

Chinês viaja com braços do irmão em bagagem
Baleia deixa feridos ao avançar em embarcação na Austrália
Carro ‘voa’ cerca de 40 metros em acidente
Britânico comanda cargueiro embriagado e é suspenso
Caso foi registrado no Hospital Municipal Ouro Verde, em Campinas/Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Homem furtou veículo do Samu em hospital de Campinas, foi perseguido nas rodovias Anhanguera e Bandeirantes e acabou detido pela Guarda Municipal.

Um paciente psiquiátrico do Hospital Municipal Ouro Verde, em Campinas (SP), deu trabalho para seguranças e agentes da Guarda Municipal durante a última terça-feira (10). O homem furtou uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e fugiu pelas rodovias Anhanguera e Bandeirantes – de acordo com informações da Agência Estado, o carro chegou a atingir 170 km/h.

O homem aproveitou a distração do motorista do Samu, que deixou o veículo com as chaves no contato para transportar um paciente até dentro do hospiral e furtou o carro após bater no segurança do local. A Guarda Municipal de Campinas foi avisada e iniciou a perseguição. Apesar dos perigos, o paciente não chegou a causar nenhum acidente grave e acabou detido. O hospital registrou ocorrência na 2ª Delegacia Seccional por evasão de paciente, agressão e furto. A Secretaria Municipal de Saúde informou que vai apurar o caso.

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização