Vídeo mostra festa com drogas e álcool em presídio feminino

Cotidiano

10 de janeiro de 2017 17:15

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Paraná é destaque por apoio a hospitais filantrópicos

Polícia Militar lança edital do curso para formação de oficiais

Morre o ator Paulo Silvino, no Rio

Atividade econômica cresce 0,25% no segundo trimestre
Procon notifica 190 postos por subir preço da gasolina
Preso faz selfie com dinamite dentro de cadeia pública
Temer é contra liberação irrestrita medicinal da maconha
PUBLICIDADE

Mulheres consomem álcool e drogas, falam e tiram fotos com o celular em festa que foi realizada no dia 31 de dezembro.

Imagens de um presídio feminino no Recife mostram detentas numa festa com álcool e drogas através de um vídeo capturado por um celular. O caso ocorreu na Colônia Penal Feminina do Recife, e mostram ainda as presidiárias tirando fotos e falando ao celular. Segundo informações do Congresso em Foco, as detentas chamam a festa de ‘bonde do prato’, referindo-se ao recipiente utilizado para uma das drogas.

A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco confirmaram a autenticidade do vídeo. Segundo o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Estado, a festa teria ocorrida no dia 31 de dezembro, em alusão ao ano novo, mas o governo pernambucano aponta que seria uma festa de aniversário.

O local abriga cerca de 700 mulheres, com capacidade para apenas 200 detentas. Segundo o secretário de Justiça, Pedro Eurico, as presidiárias que organizaram a festa já foram identificadas e responderão a processo administrativo e disciplinar.

Com informações e imagens do Congresso em Foco.

PUBLICIDADE
COMENTÁRIOS
AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização